Preço de sibutramina

Qual é o preço da sibutramina? Essa é a segunda pergunta que mais é feita aqui (a primeira é como comprar sibutramina sem receita). Iremos aqui dar o preço em reais e em qualidade de vida.

Mariana | 8 de julho de 2013 | Medicamentos | 4 Comentários

sibutramina Preço de sibutramina

Todos os dias, desde que comprei este blog, recebo e-mails pedindo informações sobre o preço da sibutramina. A sibutramina é, de longe, o remédio para emagrecer mais procurado e prescrito, principalmente depois dasproibições da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a outros fármacos a base de anfetaminas, como o fenproporex, o mazindol e a anfepramona. Resolvi atender os pedidos para saber o preço da sibutramina literal e figurativamente. Não entendeu? Acompanhe.

Preço da sibutramina em reais

Numa pesquisa rápida pelas farmácias, o preço da sibutramina pode variar tanto entre farmácias quanto entre marcas. Entre os medicamentos de referência, genéricos e similares, o preço da sibutramina pode variar da seguinte forma:

  • Sibutramina 15 miligramas com 30 cápsulas: entre R$ 27 e R$ 72.
  • Sibutramina 10 miligramas com 30 cápsulas: entre R$ 29 e R$ 65.

Quem decide a quantidade de miligramas e a frequência entre cápsulas é o médico depois de uma (suposta) anamnese bem feita.

 Preço de sibutramina

Preço da sibutramina em saúde

Quando um médico prescreve a sibutramina a um paciente é porque as tentativas de perder peso apenas com dietas e exercícios físicos não surtiram o efeito desejado, sendo necessário o consumo de um auxiliar para eliminação do peso excedente. O preço que se paga pelo uso da sibutramina pode, sim, ser a supressão dos quilos a mais, já que a eficácia do remédio para emagrecer é reconhecida.

Contudo, como a sibutramina foi desenvolvida para ser um antidepressivo, os efeitos colaterais deste tipo de remédio podem vir a ser um problema no futuro. Sintomas desagradáveis como boca seca, taquicardia, aumento de pressão arterial, náusea e vômitos podem comprometer a qualidade de vida de quem consome sibutramina. Há ainda o risco de dependência química.

Por isso, reforço o que o antigo proprietário do blog diz desde o início: nunca consuma sibutramina sem prescrição e acompanhamento médico rigoroso. Na maioria dos casos, uma pequena mudança de estilo de vida ajuda um bocado, e eu sou a prova viva disso!

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

4 Comentários

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *