Emagrecer com chá de rooibos

O chá de rooibos tem ganhado adeptos mundo afora graças aos alardeados benefícios à saúde. Conheça o arbusto africano que deu origem à mais nova mania entre os chás saudáveis e saiba quais são seus efeitos benéficos.

21 de março de 2014 • Por Mariana, em Alimentos


O uso de chás e infusões em dietas é difundido e recomendado por conta das propriedades diuréticas e por vezes clínicas de certos ingredientes.

Algumas dessas bebidas adquirem status de excelentes complementos ao emagrecimento em particular e à saúde em geral, como o chá verde e o chá branco. De alguns anos para cá, mais uma infusão tem sido alçada à vedete mundial: o chá de rooibos.

Rooibos-Teacups

Sempre que algum chá com propriedades benéficas aparece sob os holofotes, a pergunta mais recorrente diz respeito ao valor dietético: é possível emagrecer com chá de rooibos?

Para que essa pergunta seja respondida, antes é preciso formular outras questões, como por exemplo: o que diabos é rooibos?

A planta e sua origem

O rooibos (lê-se “rôibos”) é um arbusto originário da África, mais precisamente da África do Sul.

O nove vem do africâner e significa “arbusto vermelho”. Embora a planta não possua tons avermelhados, tendendo ao amarelo especialmente quando floresce, as folhas e os talos devidamente “enferrujados” do rooibos deixa a bebida, após infusão parecida com o tradicional chá preto, com coloração avermelhada.

O chá de rooibos é fartamente consumido na África do Sul; costuma-se dizer que a bebida possui a mesma popularidade do café para os brasileiros. Sua notoriedade na Europa tem crescido graças ao sabor naturalmente doce, mesmo sem adição de açúcar, e com toques amendoados.

Propriedades do chá de rooibos

O nome científicos do arbusto (Aspalathus linearisdenuncia o princípio ativo mais presente na planta, um flavonoide chamado aspalatina, um antioxidante que tem sido exaustivamente estudado por pesquisadores da universidade da Cidade do Cabo, na África do Sul, e em outras instituições de ensino.

carregando…

Embora a quantidade exata de aspalatina no chá de rooibos ainda seja alvo de especulações, sabe-se dos seus efeitos benéficos à saúde graças às pesquisas já concluídas. Acompanhe:

  • O chá de rooibos é capaz de reduzir os níveis de açúcar no sangue com a mesma eficiência do remédio metformina, tradicional fármaco usado no combate à diabetes.
  • A ação antioxidante do chá de rooibos ajuda a proteger o coração e o sistema circulatório, eliminando os radicais livres que provocam lesões no músculo cardíaco e nas paredes de veias e artérias.
  • Outro efeito do antioxidante presente no chá de rooibos é a eliminação de células com potencial cancerígeno no sistema digestivo.
  • O chá de rooibos não tem cafeína, o que a torna uma bebida com poder relaxante. A ausência do alcaloide não deixa o chá ficar amargo, eliminando a obrigação de adoçar o chá. Mais um ponto para a eficiência contra o diabetes.

A versão mais popular do chá de rooibos é feita com a oxidação (o “enferrujamento” citado acima) dos talos e folhas e possui todos os benefícios acima. Contudo, existe uma versão de chá de rooibos “verde”, com maior quantidade de antioxidantes benéficos porém mais cara por ser mais difícil de ser produzida.

Como usar o chá de rooibos na dieta

Por não ser muito conhecido aqui no Brasil, o chá de rooibos ainda é um produto pouco importado e por isso mesmo não é fácil encontrá-lo. Algumas lojas especializadas em chás e infusões vendem o rooibos seco, geralmente a preços pouco amigáveis.

Caso a leitora queira experimentar o chá de rooibos, saiba que nenhuma bebida faz milagres sozinha. O consumo do chá deve ser seguido de hábitos de vida saudável e sem pretensões maiores do que o prazer que ele proporciona.

O chá de rooibos fornece benefícios à saúde como um todo e ao emagrecimento em particular pelo conjunto da obra, mas não deve ser considerada como a tábua de salvação para o bem estar. Acrescente a infusão dentro dos seus novos hábitos saudáveis, nunca esquecendo de sempre consultar seu médico.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!