5 fatos sobre o iogurte

Qual o espaço do iogurte em sua dieta? Essa é a pergunta a ser feita por quem quer saber se iogurte emagrece ou engorda.

03 de junho de 2017 • Por Mariana, em Alimentos, Comportamento, Dicas e Dietas


O consumo de iogurte é exortado em dietas como um alimento a ser incluído no dia a dia graças às suas propriedades nutricionais, o que só faz aumentar as perguntas das leitoras desse modesto blog: iogurte emagrece ou engorda?

Já disse antes que qualquer alimento tem calorias e potencial energético, por isso a resposta é aquele que você odeia ouvir mas sou obrigada a dizer: depende.

 


Iogurte: alimento milenar

O iogurte foi um daqueles achados do acaso que a humanidade faz e que revolucionou o modo com que os seres humanos se relacionam com a comida.

Exagero? Tente imaginar a vida sem o conforto dos alimentos cozidos e preparados sem o conhecimento de certas propriedades.

Pois o iogurte é resultado do descobrimento da fermentação no leite (é uma simplificação grosseira, mas não sou a Wikipédia, já disse). Foi a partir do início do século XX que as propriedades do iogurte foram dissecadas. Veja algumas delas.

carregando…

  • Os chamados fermentos lácteos que fazem com que o leite torne-se iogurte fazem com que a digestibilidade dele seja melhor, já que esses fermentos fazem parte da flora intestinal.
  • O iogurte ajuda o sistema imunológico graças à presença dos fermentos (que você deve conhecer pelo nome de lactobacilos), graças a um processo descrito no texto “Alimentos para a flora intestinal“.
  • O iogurte é uma das melhores fontes de cálcio, reconhecido como o principal amigo das dietas de emagrecimento.
  • O iogurte também é fonte de proteína e contém baixa taxa de lactose.


Mas afinal, iogurte emagrece ou engorda?

Ao invés de simplesmente afirmar se o iogurte emagrece ou engorda, convido-a a uma reflexão sobre alguns hábitos alimentares e o papel do iogurte neles.

  1. O iogurte natural, aquele cujos únicos ingredientes são o leite e o fermento lácteo, possui uma média de 40 calorias por porção de 100 gramas.
  2. Quando incluído em uma dieta saudável, ele auxilia a digestão, o sistema imunológico e tem efeito antioxidante.
  3. Um café da manhã que começa com iogurte e frutas é leve, pouco calórico e elimina os picos de fome indesejados graças às eficientes proteínas lácteas.
  4. Qualquer molho cujos ingredientes mais calóricos sejam substituídos pelo iogurte perdem pelo menos 40 por cento de calorias. Por isso mesmo muitos molhos de salada dietéticos são à base de iogurte.
  5. Alguns iogurtes e bebidas lácteas fermentadas tem função probiótica, ou seja, são auxiliares de processos metabólicos importantes, geralmente ligadas ao trato intestinal.

O iogurte irá emagrecer ou engordar dependendo do papel dele no cardápio de cada um. Se as escolhas nutricionais (feitas com auxílio médico, por favor) forem ao mesmo tempo saudáveis, saciantes e tiver baixas calorias, é claro que o iogurte ajuda, e muito, a emagrecer. Mas note o verbo “ajudar” conjugado na frase anterior! Não queira fazer alguma maluquice do tipo “dieta do iogurte”.

Compartilhe

Conteúdo popular em sua região:

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!