6 benefícios do aspargo na dieta

O aspargo é o tipo de legume de deveria fazer parte do cardápio semanal graças às suas propriedades nutricionais.

05 de junho de 2017 • Por Mariana, em Alimentos, Dicas e Dietas


Muitas leitoras nos questionaram sobre o uso de aspargo na dieta; aparentemente, alguma celebridade postou no Instagram ou em outra rede social sobre as maravilhas desse legume.

Embora tenha a pecha de “iguaria fina” (leia-se: cara), o aspargo pode ser encontrado a preços não muito extorsivos durante sua época de colheita, a primavera, e pode ser incluída em uma dieta saudável por fornecer benefícios à saúde sem engordar.


Aspargo: flor que alimenta

O aspargo (Asparagus officinalis) é uma flor da família dos lírios que é cultivada como alimento e remédio desde a Antiguidade, originária da Europa e da Ásia.

Seus talos são consumidos enquanto brotos e encontrados em duas versões: branca e verde. A versão verde é a mais encontrada no Brasil. O aspargo é muito usado nas culinárias francesa, alemã e inglesa.

O aspargo é o ingrediente de sopas, cremes e pode ser servido salteado em óleo ou manteiga como acompanhamento de carnes e massas.


Quais os benefícios do aspargo na dieta?

1- Tem baixas calorias
100 gramas de aspargos fornecem irrisórias 20 calorias. O ideal é ser cozido a vapor e com o mínimo de gordura possível.

2- É fonte de ácido fólico
O aspargo é rico em folato (B9), vitamina que previne anemias e má-formação fetal. Mulheres em período fértil e que pretendem engravidar devem pensar em incluir o vegetal em sua dieta.

3- Possui baixo teor de sódio e fornece potássio
Esses dois fatores ajudam a manter a pressão arterial sob controle. O potássio auxilia no controle dos batimentos cardíacos e da velocidade do plasma nas artérias, além de combater a depressão, a insônia e a fadiga muscular.

4- Fornece vitamina C
O mais abundante e eficaz antioxidante conhecido marca presença no aspargo. A vitamina C (ácido ascórbico) evita a formação dos radicais livres que envelhecem as células e turbina a imunidade.

carregando…

5- Auxilia na prevenção de alguns tipos de câncer
O aspargo tem diversos carotenoides, pigmentos naturais encontrados em algumas plantas (o mais conhecido é o beta-caroteno, encontrado na cenoura e na abóbora) que agem de forma preventiva contra diversos tipos de câncer, como o da mama. Além disso, reduzem o risco de doenças degenerativas dos olhos.

6- É rico em minerais importantes
Para agir em conjunto com o ácido fólico, o aspargo também fornece ferro, que age contra quadros anêmicos. Os talos também têm manganês, que regula o metabolismo e os processos hormonais, e cálcio, importante para a formação dos ossos e dentes.


Considerações finais

Algumas pessoas podem emitir um forte odor na urina após consumir aspargos, já que ele secreta uma substância que pode ser chamada de “parente” do enxofre. Nem todas as pessoas irão sentir ou exalar esse cheiro.

O aspargo é rico em água, e por isso tem propriedades diuréticas. Verifique se você não é intolerante ao consumo dos talos. Apesar de ser geralmente seguro para consumo, consulte seu médico e nutricionista por precaução.

E não se assuste com a fama de “alimento chique” do aspargo. Chique é ser saudável.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!