6 perguntas sobre a água com gás

A água com gás é cercada de diversos mitos. Saiba quais deles são reais aqui.

16 de março de 2017 • Por Mariana, em Alimentos, Destaques


A água mineral com gás sofre de certos estigmas, principalmente por causa de sua comparação com refrigerantes. A gaseificação de ambas as bebidas tende a ser nivelada, mas será que água com gás prejudica a dieta de quem deseja emagrecer?

Para responder a essa pergunta, iremos dissecar essa questão dividindo-a em seis tópicos com perguntas geralmente feitas durante conversas sobre os efeitos da água com gás no organismo.

## A água com gás é saudável?

Sim. Para gaseificar a água, usa-se dióxido de carbono sob pressão, e isso não modifica as características essenciais do líquido. A inclusão de gás pode aumentar o valor nutricional da água, incluindo magnésio, potássio e cálcio. O único cuidado é quanto à quantidade de sódio, que muda de marca para marca. Fique atenta aos rótulos.

## O consumo de água com gás é seguro?

Sim, mas pessoas com problemas gástricos ou intestinais devem evitar consumir esse tipo de líquido em excesso. Isso não significa eliminar a água com gás de seu cardápio; cada pessoa tem um nível de tolerância à quaisquer bebidas gaseificadas. Basta saber quanta água com gás pode-se beber sem que isso acarrete desconforto.

## A água com gás incha ou engorda?

Não. Água não tem calorias, e o fato de ser gaseificada não significa que ela possui a capacidade de deixar uma pessoa inchada. O que pode acontecer é o desconforto causado pelo consumo em excesso por pessoas com os já citados problemas estomacais relacionados acima.

## Água com gás causa celulite?

Não. Os principais vetores para o aparecimento da celulite são o açúcar e o sódio (sal). As bebidas gaseificadas que devem ser evitadas são os refrigerantes, ricos nessas duas substâncias.

## A água com gás hidrata tanto quanto a água natural?

Sim. O processo de gaseificação não modifica o líquido em suas propriedades hidratantes. Evidentemente, a água com gás não deve ser a única fonte de líquidos de uma pessoa, mas ela cumpre o papel de hidratar o corpo.

## É verdade que a água com gás perde nutrientes?

Não. Águas minerais costumam ter maior concentração de cálcio, magnésio e potássio, e a gaseificação não elimina a concentração desses nutrientes. A água com gás possui ácido carbônico, a única adição ao líquido. Esse ácido é fraco e só serve para fazer as borbulhas características da bebida gaseificada.

## Considerações finais

A água com gás pode ser considerada como um substituto saudável aos refrigerantes. A gaseificação promove a sensação de preenchimento e refrescância sem a adição de açúcares e sódio, além de não causar danos ao esmalte dos dentes.

E diferentemente dos refrigerantes, a água com gás não deixa os ossos mais fracos, já que ela não interfere na absorção de cálcio. A gaseificação pode ser útil para aumentar a sensação de saciedade, fazendo com que a pessoa coma menos.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.82
Total de Votos: 11

6 perguntas sobre a água com gás

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

O que você pensa disso? Vamos construir um debate!