A dieta da limonada

É seguro seguir uma dieta cujo principal ingrediente é a limonada?

16 de fevereiro de 2014 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


Vivemos rodeadas de dietas malucas que prometem eliminar até 10 quilos em um curto período de tempo, e uma que sempre aparece, vez ou outra, é a dieta da limonada. Uma leitora citou o uso desse plano “alimentar” por Beyoncé antes de filmar “Dreamgirls – Em Busca de um Sonho”, e perguntou se é realmente possível perder 10 ou 12 quilos aderindo a essa dieta. Antes de responder, vamos destrinchar e resumir o passado dessa dieta.


Breve história da dieta da limonada

6-2A dieta do limão foi desenvolvida na década de 1950 por Stanley Burroughs (1903-1991), adepto das chamadas terapias alternativas de saúde. O objetivo desse plano alimentar era a desintoxicação através de jejum de alimentos sólidos por pelo menos duas semanas e é uma das mais rígidas dietas já criadas, pois não permite nenhum tipo de alimento sólido nem suplementação alimentar.

A dieta da limonada, que também é conhecida nos Estados Unidos como dieta do xarope de bordo (calda obtida da seiva do bordo, a árvore-símbolo do Canadá) possui uma receita razoavelmente simples, que serve para fazer uma porção. Deve-se tomar até seis dessas porções por dia, entre 4 a 14 dias. Acompanhe o modo de preparo:

  • Duas colheres de sopa de suco de limão recém-espremidos;
  • Duas colheres de sopa de xarope de bordo (ou glucose de milho, já que esse xarope é muito caro);
  • Uma pitada de pimenta vermelha.
  • Misture tudo em cerca de 250 ml de água.

Após o período de tempo seguido pela dieta da limonada, recomenda-se voltar a ingerir alimentos sólidos bem devagar, de preferência comendo sopas, frutas e verduras


Prós e contras da dieta da limonada

Qualquer dieta que pregue o jejum tem como consequência a perda de peso. Afinal. não há ingestão de calorias o suficiente sequer para a sobrevivência humana. Eis aí o primeiro e principal problema da dieta da limonada: a ausência de nutrientes vitais por muito tempo. Não raro, foram reportados casos de náuseas, tonturas, lentidão e prisão de ventre.

carregando…

Mesmo o poder desintoxicante da dieta da limonada é colocada em xeque, já que o ser humano possui órgãos que nos livram de toxinas se estiverem saudáveis, como os rins, o fígado e o sistema digestivo. Quanto ao jejum imposto pela dieta, há um consenso entre todos os profissionais médicos: os malefícios da falta de carboidratos e proteínas não justificam a perda de peso rápida que a dieta propõe.

Sem carboidratos para ser transformado em energia, o metabolismo começa a consumir proteína, principalmente dos músculos. Ou seja, a gordura permanece intacta e a estrutura muscular fica severamente comprometida. E há um outro problema do qual nem o mais contrito seguidor de dietas consegue escapar: o consumo exagerado de comida após um jejum prolongado, por demanda do próprio metabolismo.

Em poucas palavras, a dieta da limonada não é saudável e sequer segura.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!