A dieta na Copa do Mundo

Na Copa do Mundo, todo o cuidado com as calorias é pouco. Veja como comemorar sem exagerar e sem deixar de se divertir.

24 de junho de 2014 • Por Mariana, em Alimentos, Dicas e Dietas


Assistir aos jogos da Copa do Mundo sem beliscar e beber algo beira o impossível. Afinal, família e amigos estão por perto e o espírito agregador das partidas fomentam os tradicionais comes e bebes.

É um período relativamente curto, mas não há dieta que resista a churrascos, salgadinhos e bebidas reconhecidamente calóricas. Por isso, ficar de olho no que se ingere durante esse período é crucial.

petiscos+f%C3%A1ceis

A primeira dica

O ideal é assistir aos jogos acompanhada de pessoas que também tenham a mesma preocupação com a dieta do que você. Nada mais desagradável do que ser a chata das calorias enquanto a Seleção Brasileira joga suas partidas.

Programe com uma certa antecedência o local e os acepipes a serem consumidos, para que a tentação não resida naquele pastel ou na carne gordurosa com odor irresistível.

O que comer e beber nos jogos

Pipoca – sim, a tradicional e prosaica pipoca pode entrar na lista. Ela é rica em fibras e quando estourada no vapor quente, sem gordura, possui valor calórico irrisório. A pipoca também é rica em antioxidantes que eliminam os radicais livres.

Evidentemente, evite a pipoca na manteiga e as versões de micro-ondas, que ainda não se livraram da gordura trans.

Frutas desidratadas e frescas – uvas, maçã, damascos, laranjas. São doces, saborosas e mantém os níveis de açúcar no sangue equilibrados, além de diversos benefícios, principalmente a saciedade, já que frutas possuem fibras.

carregando…

Destaque para a pectina da maçã e os flavonoides da uva. E não use o preço com o desculpa: na Copa, todos se cotizam e trazem parte dos comes e bebes.

Espiga de milho – é um petisco saboroso, e com uma vantagem para quem quer manter a dieta: ela demora para ser degustada, e por isso evita ataques de gula comuns a iguarias como pasteizinhos e coxinhas.

Porções com legumes e queijos leves – cumbucas com tomates cereja, batatas bolinha e sticks de cenoura, entre outros exemplos, podem aplacar o desejo por algo com maior substância. Porções de ricota e queijo minas em cubinhos e reforçados com salsa, manjericão e um fiozinho de azeite também são uma excelente pedida.

Cuidado com com as bebidas – exagerar no consumo de bebidas alcoólicas não é bom em nenhuma ocasião. Para que você não ultrapasse a medida do bom senso, lembre-se: bebidas possuem alto teor de calorias.

Uma lata de cerveja possui 115 kcal; uma dose de vodca, 120 kcal. Refrigerantes e bebidas adoçadas tem alto teor de açúcar. Moderação é a palavra chave.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!