A dieta sem glúten emagrece?

O glúten é o mais novo vilão de algumas dietas famosas. Sera que essa má fama se justifica?

O glúten tornou-se, de alguns anos para cá, uma espécie de “novo vilão” das dietas, e a formação da má fama desse nutriente advém de informações equivocadas ou mal entendidas ditas e escritas pela mídia em geral.

Algumas pessoas estão eliminando o glúten da alimentação por conta própria para perder peso, acreditando que esse elemento é um dos responsáveis pela obesidade. Afinal, a dieta sem glúten emagrece?

Antes de responder a tão crucial questão, vamos conhecer um pouco esse nutriente tão falado e tão pouco compreendido.

Muito prazer, sou o glúten

O glúten é uma proteína encontrada na semente de cereais como a cevada, o trigo e o centeio. Ele é composto de dois aminoácidos principais: glutenina e giladina.

Só se sente inchado e desconfortável ao consumir glúten quem tem a doença [celíaca].

A principal função do glúten é proporcionar elasticidade e viscosidade às massas feitas pelas farinhas que são produzidas por esses cereais. Aquela famosa “liga” que se vê ao fazer pão ou bolo é obtida graças à proteína.

Essas propriedades também ajudam na fermentação dessas massas. Quando se coloca fermento nelas, o glúten forma bolhas de gás e água, deixando a mistura de farinha macia, esponjosa e areada.

Doenças ligadas ao consumo de glúten

Existem duas patologias principais ligadas à intolerância ou alergia ao glúten :

  • Doença celíaca.
  • Dermatite herpetiforme.

A doença celíaca acomete principalmente as mucosas do intestino delgado, causando inflamações nelas. Essa infecção causa dificuldade de digestão e diversos sintomas relacionados, como diarreia, fraqueza, náuseas, cólicas, vômitos, entre outros.

Já a dermatite herpetiforme provoca lesões na pele em forma de bolhas. Antes, a pessoa sente um desconforto na forma de queimadura ou uma picada. Geralmente quem sofre de intolerância ou alergia ao glúten tende a sofrer dessa dermatite, mas não há ligação direta entre a doença celíaca e esse problema de pele.

Diagnóstico e tratamento

A doença celíaca só é descoberta através de uma consulta com o gastroenterologista, e posterior biópsia do intestino, e o tratamento consiste em nunca mais comer nada com glúten pela vida inteira. A frase anterior parece um pleonasmo, mas serve para reforçar a total ausência de glúten na dieta de um celíaco.

Os produtos sem glúten

Graças a isso, criaram-se produtos livres de glúten (ou glúten-free, se preferirem). Aliado a isso, uma corrente nutricional resolveu considerar a proteína como a mais nova inimiga da dieta. Alguns mais radicais chamaram o glúten de veneno, um evidente exagero.

Dietas gluten-free proliferaram pelo mundo, pregando uma relação causa-efeito entre o consumo do nutriente e o sobrepeso. Mesmo quem não sofria com a doença celíaca eliminava a proteína do cardápio por completo.

O glúten e o diabetes

Recentes pesquisas capitaneadas por professores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, relataram que pessoas que consumiam mais glúten tinham 13% menos chances de desenvolver diabetes tipo 2, onde o corpo não usa a insulina produzida pelo pâncreas de maneira eficaz.

Não se sabe ao certo a relação entre o consumo de glúten e a maior propensão em se ter diabetes, mas as pessoas que menos consumiram o nutriente também comeram menos fibras na dieta. As fibras têm um papel importante na prevenção do diabetes tipo 2 porque ajudam o metabolismo a controlar naturalmente os níveis de açúcar e, por consequência, de insulina no sangue.

Mas a dieta sem glúten emagrece?

Não. O glúten só é retirado da alimentação de uma pessoa se ela for celíaca. A presença ou ausência dessa proteína não influi significativamente na eliminação de peso de pessoas sem as doenças acima relacionadas.

O que pode ter dado a entender que a dieta sem glúten emagrece é a descrição que os celíacos dão quando consomem esse nutriente. Um dos sintomas mais presentes é a sensação de inchaço causada pelo consumo da proteína.

Como esse inchaço “some” quando quem sofre de doença celíaca não consome mais glúten, muitas pensaram em uma condição “causa-efeito” válida para todos. Só se sente inchado e desconfortável ao consumir glúten quem tem a doença.

Considerações finais

Isso não significa que quem deseja eliminar o glúten mesmo não sendo celíaco não deva fazê-lo. Cada um é livre para seguir o cardápio que desejar, mas tenha em mente que dieta sem glúten não emagrece.

Aliás, nenhuma dieta emagrece sozinha. É preciso a boa e velha combinação de exercícios físicos e alimentação equilibrada.

Caso o consumo de glúten cause desconforto, consulte um médico especialista e faça os exames.

Avalie este conteúdo!
Avaliação média: 4.88
Total de Votos: 34
A dieta sem glúten emagrece?

Comente