A dieta “The Biggest Loser”

A dieta The Biggest Loser, oriunda do reality show homônimo, tem sido bem quista graças à sua evidente eficiência. É possível segui-la no mundo real, longe das câmeras?

02 de fevereiro de 2014 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


No ar desde 2004, o reality show estadunidense “The Biggest Loser” é um dos programas mais assistidos do gênero. Sua proposta é trazer pessoas obesas, homens e mulheres, e submetê-las a um plano de perda de peso puxado e intensivo.

Quem for o “maior perdedor”, ou seja, quem conseguir eliminar o maior número de quilos em números absolutos, ganha prêmios em dinheiro e bens materiais diversos. Mesmo os participantes que não chegam à grande final conseguem taxas de eliminação de gordura muito significativas.

De olho nas histórias de sucesso dos contendores, a NBC (emissora que transmite o programa nos EUA) lançou diversos livros propagando a dieta “The Biggest Loser” e seu plano espartano de perda de peso.

dieta-saudavel

A premissa da dieta The Biggest Loser

Elaborada por nutricionistas, cardiologistas, personal trainers e até mesmo consultores de moda, a dieta The Biggest Loser é a boa e velha junção do binômio “dieta saudável/exercícios físicos”, só que em um grau exponencialmente mais alto do que o prescrito normalmente. Acompanhe.

  • As refeições tem que conter apenas alimentos considerados saudáveis: fontes de proteínas magras, laticínios com baixo teor de gordura ou bebidas à base de soja, frutas, legumes, grãos integrais, sementes oleaginosas e muita, muita água.
  • Foi criada uma “pirâmide dietética 4-3-2-1”, que consiste em 4 porções de frutas e vegetais, 3 porções de proteína magra, 2 porções de grãos integrais e 200 calorias chamadas de extras advindas de gorduras e doces.
  • As calorias ingeridas por dia não podem ultrapassar as 1200, por isso o foco em alimentos ricos em fibras, que saciam por mais tempo sem engordar.
  • Os exercícios propostos são puxados e aeróbicos em sua maioria: correr, pedalar, dançar. Os movimentos de musculação são poucos, focados na definição muscular e intensos.

A eficácia da dieta

O site U.S. News pontuou muito bem a dieta The Biggest Loser entre as mais eficientes principalmente a curto prazo. O prestigioso portal WebMD tece boas considerações sobre o plano alimentar e físico do programa. Contudo, algumas considerações devem ser feitas.

Os participantes do programa são monitorados 24 horas por dia, 7 dias por semana, por uma equipe multidisciplinar que garante o bom andamento do cardápio e a perfeita movimentação nos exercícios. Quem se propuser a seguir a dieta deve ter disciplina e força de vontade para mudar hábitos alimentares e de estilo de vida arraigados durante uma vida inteira.

carregando…

Não há alimentos proibidos no cardápio, mas eles precisam ser devidamente dosados nas refeições propostas – a saber, as três principais (café da manhã, almoço e jantar) mais dois lanches. Deve-se evitar o consumo de cafeína.

Os resultados obtidos por quem participa do reality show vão além da visível perda de peso. Os níveis de colesterol, açúcar e toxinas na corrente sanguínea caem muito, o que diminui a incidência de hipertensão, diabetes e arteriosclerose.

Se deseja seguir a rígida, porém eficaz dieta “The Biggest Loser”, siga-a sob rigoroso acompanhamento médico e físico.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!