A relação entre emagrecimento e circulação sanguínea

Mais do que simples estética, manter o corpo dentro do peso ideal é vital para a circulação sanguínea.

23 de janeiro de 2014 • Por Mariana, em Alimentos, Comportamento


A maioria das mulheres pensa em emagrecer por questões meramente estéticas: o biquíni no verão, o vestido da formatura ou da festa badalada, o corpo saradão.

Não é uma visão errada, mas é muito limitante e não permite que se vislumbre os verdadeiros benefícios que o emagrecimento faz à saúde. Para dar um exemplo, iremos expor rapidamente aqui a relação entre o emagrecimento e a circulação sanguínea saudável.

estetoscopio


Gordura e circulação sanguínea

O sangue é o transmissor dos nutrientes e do oxigênio para todo o organismo, e para que essa trânsito seja eficaz as “estradas” por onde ele passa precisam estar em perfeitas condições.

Essas estradas são as veias e artérias e não podem sofrer nenhuma obstrução, pois os colapsos na circulação podem levar à morte.

Um dos principais elementos que causam o entupimento das veias e artérias é o excesso de consumo de gordura, que tende a se acumular em nosso organismo como estoque de energia.

Contudo, o que era uma necessidade para a sobrevivência dos nossos ancestrais nômades tornou-se um problema de saúde pública nos dias sedentários de hoje. O acúmulo de gordura leva ao progressivo entupimento dos vasos sanguíneos, que impedem a perfeita circulação e podem causar diversos sintomas:

  • Inchaço nas pernas e pés;
  • Varizes;
  • Dor e cansaço nas pernas;
  • Palpitações repentinas;
  • Formigamentos.

Quando o sistema circulatório manda esse sinais de alerta, é preciso tomar medidas preventivas para que certas doenças não se manifestem, como a arteriosclerose, a flebite e demais males que podem levar ao infarto.


carregando…

A circulação sanguínea e a mulher

Dois fatores podem agravar os problemas na circulação sanguínea entre as mulheres: o excesso de peso e o uso de anticoncepcionais orais.

Além do perigo com o acúmulo de gordura, algumas mulheres em período fértil podem sofrer com o consumo das pílulas anticoncepcionais, já que os hormônios presentes neles podem causar distúrbios circulatórios em algumas pacientes.

No caso dos anticoncepcionais orais, basta uma consulta com o ginecologista para que ele receite métodos contraceptivos adequados ao seu biotipo. Já quanto à gordura acumulada não há outra maneira: é preciso alimentar-se de forma balanceada e manter uma rotina de atividades físicas regulares.


Alimentos que ajudam a circulação sanguínea

Saber o que colocar no prato das refeições é determinante para que os vasos sanguíneos continuem transportando o sangue sem problemas. Veja abaixo uma lista de alimentos que podem ser excelentes coadjuvantes em uma dieta saudável:

  • Peito de frango sem pele e peixes;
  • Iogurte natural;
  • Frutas ricas em potássio, fibras e antioxidantes.
  • Cereais integrais como aveia, farelo de trigo e quinoa.
  • Verduras e legumes frescos.
  • Óleos vegetais, como os de canola e milho, sempre com moderação.
  • Pães, principalmente os feitos com farinha integral.

A combinação dos alimentos descritos deve ser criteriosamente dosada por um nutricionista. Deve-se evitar o consumo excessivo de sal e gorduras saturadas presentes principalmente em embutidos e produtos industrializados. Refrigerantes e doces feitos com açúcar refinado devem ser evitados. E mexa-se; assim,  o sangue corre pelas veias e artérias sem empecilhos.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!