Alimentos para nutrição funcional

Usar o alimento como remédio é um dos pilares da Medicina. Veja aqui alguns desses alimentos e suas propriedades.

Graças às pesquisas sobre dietas e alimentação saudável feitas a partir dos anos 1980 (coincidentemente, junto com a popularização dos produtos diet e light),  surgiu um conceito nutricional atualmente reconhecido pelas principais agências de saúde, Anvisa inclusa: a chamada nutrição funcional.

Saber quais são os alimentos para nutrição funcional é um dos papéis das dietas de emagrecimento que querem deixar o organismo magro e com saúde. Mas antes…

O que caracteriza um alimento funcional?

Para que a busca por alimentos para nutrição funcional não se transforme na festa do caqui, a Anvisa determinou o que é um alimento funcional.

É quando ele, além de nutrir o organismo como qualquer alimento, proporciona benefícios à saúde, prevenindo possíveis focos de doenças e fazendo com que o metabolismo seja mais eficaz.

A principal característica do alimento funcional é o consumo sem necessidade de acompanhamento médico por ser seguro para a saúde.

Como são classificados aos alimentos para nutrição funcional?

  • Alimentos que auxiliam o sistema imunológico, fortalecendo-o e até mesmo combatendo os micro organismo causadores de doenças.
  • Alimentos com propriedades antioxidantes, que previnem o envelhecimento precoce, a formação de cânceres e doenças como o diabetes.
  • Alimentos que previnem problemas cardiovasculares, como os ácidos graxos ômega 3 e 6.

Exemplos de alimentos para nutrição funcional

Baseados na classificação descrita acima, vamos tentar abranger uma gama considerável de alimentos funcionais que podem ser incluídos em uma dieta saudável.

Alimentos para o sistema imunológico

  • Chá verde
  • Goiaba
  • Tomate
  • Couve
  • Vinho tinto (mas beba com moderação!)

Alimentos antioxidantes

  • Cenoura
  • Frutas cítricas em geral
  • Espinafre
  • Brócolis
  • Amêndoas, castanhas e outras oleaginosas semelhantes

Alimentos para o sistema cardíaco e circulatório

  • Aveia
  • Peixes, principalmente os de águas geladas e carne rosada
  • Alho e cebola
  • Maçã
  • Sementes de linhaça

Substâncias que definem um alimento funcional

Você já sabe “como” e “onde”; agora precisa saber o porquê. Os alimentos para nutrição funcional precisam ter determinadas substâncias que assumem funções preventivas e até mesmo curativas, mesmo que em uma escala pequena. Veja a lista dos principais princípios ativos funcionais e como eles agem.

  • Licopeno — presente no tomate, previne a incidência de câncer de próstata.
  • Isoflavonas — presentes na soja, são reguladores hormonais naturais, usados em tratamentos para aliviar os sintomas da menopausa, e auxiliar no combate aos altos níveis de colesterol.
  • Fibras solúveis e insolúveis — previnem a incidência de câncer no cólon, ajudam a digestão e o sistema imunológico.
  • Ômega 3, Ômega 6 e gorduras monoinsaturadas — são as gorduras que ajudam a desentupir os vasos sanguíneos, ajudando a eliminar o colesterol ruim e protegendo os vasos sanguíneos.
  • Betacaroteno — o principal carotenoide que forma a importantíssima vitamina A, um dos mais poderosos antioxidantes conhecidos.

Por mais que os alimentos para nutrição funcional não possuam contraindicações sérias, não subestime o poder das alergias a determinados alimentos. Consulte sempre um médico.

Avalie este conteúdo!
Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 10
Alimentos para nutrição funcional

Comente