Botox para emagrecer

Depois de combater as rugas, o botox agora está sendo estudado para eliminar a obesidade.

12 de abril de 2014 • Por Mariana, em Cirurgia Bariátrica, Destaques


O botox, marca mais conhecida da toxina botulínica tipo A, é largamente usado na medicina e na indústria cosmética. Agora, pesquisas capitaneadas aqui no Brasil e na Noruega querem ampliar o escopo de utilização para que o produto ajude a emagrecer.

Parece estranho a princípio, mas o uso de botox para emagrecer faz todo sentido clínico em teoria, e estudis preliminares estão sendo bem encaminhados.

vacina

Como o botox age?

O botox, ou toxina botulínica, é uma substância obtida de uma bactéria chamada Clostridium botulinum  que causa paralisia muscular intensa, provocando a morte de seres vivos geralmente por asfixia.

Essa característica fez com que diversos cientistas se debruçassem sobre a toxina, tentando usá-la de forma controlada para curar diversos males neurológicos e fisiológicos. Contudo, foi seu uso cosmético que transformou o botox em estrela.

Ao injetar botox em linhas de expressão e rugas, os músculos se tensionam e “esticam” as depressões, dando à pele uma aparência lisa. As quantidades de toxina usadas são mínimas.

E como o botox pode ajudar a emagrecer?

A ideia é fazer com que o músculos do estômago se contraiam menos durante a digestão, diminuindo tanto o processo de absorção de alimentos quanto o esvaziamento gástrico, provocando maior saciedade.

Com a ajuda de um endoscópio inserido pela boca, injeta-se a toxina botulínica em uma parte do estômago chamado antro pilórico, que é a última estadia do bolo alimentar antes dele ser levado ao intestino pelo piloro, o nosso mais poderoso esfíncter.

carregando…

Reduzindo as contrações do antro, o espera-se uma redução de pelo menos 50 por cento da passagem dos alimentos, aumentando a sensação de barriga cheia por mais tempo.

Como estão os estudos sobre o uso de botox para emagrecer?

Os estudos ainda estão em fase inicial tanto aqui no Brasil quanto na Europa, mas os resultados apontam para resultados dentro dos limites de segurança e bastante eficazes.

Se devidamente testado e aprovado, o uso de botox para emagrecer pode ser uma alternativa menos invasiva à cirurgia bariátrica e ao balão gástrico para o tratamento da obesidade mórbida em casos ainda a avaliar.

Não custa reforçar: o uso da toxina botulínica no tratamento da obesidade ainda está em estágios iniciais.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!