Como ajudar crianças obesas

A obesidade infantil tornou-se um caso de saúde pública; crianças com menos de 10 anos apresentam doenças típicas de adultos, como diabetes e hipertensão.

A obesidade infantil é um problema causada principalmente pelo modo de vida desregrado e sedentário das crianças de hoje em dia.

Se antes uma criança gordinha era sinônimo de criança saudável, hoje essa obesidade influi negativamente na saúde, principalmente nos índices de hipertensão e diabetes.

Saber como ajudar crianças obesas para que elas não se transformem em adultos obesos é crucial. Não é fácil e exige interação multidisciplinar, mas é perfeitamente possível.

O primeiro passo para ajudar crianças obesas

Pode parecer fácil, mas a percepção das famílias quanto a ter crianças obesas não é clara, justamente pela percepção saudável que uma criança gordinha passa aos olhos leigos.

O primeiro passo consiste em tomar atitudes que a princípio podem parecer autoritárias, mas lembre-se que é a saúde de uma criança que está em jogo.

  • Faça com que a criança obedeça os horários das refeições. Assim como nas dietas para adultos, habitue-as a ter seis refeições diárias, e com porções adequadas. Consulte o pediatra e um nutricionista.
  • Nunca, nunca, nunca submeta uma criança obesa a dietas restritivas. Uma criança precisa de reeducação alimentar e nutrientes que permitam seu desenvolvimento.
  • Não transforme guloseimas em prêmios por bom comportamento e não vicie a criança em açúcar.
  • Limite o consumo de lanches, salgadinhos e demais guloseimas. Mais importante: não faça com que comer um lanche calórico seja um evento a ser comemorado.
  • Dê o exemplo. Não diga à criança que ela não pode comer doces e beber refrigerantes comendo um doce e tomando um copo de soda limonada…

Como ajudar as crianças obesas a se movimentar

Além da reeducação alimentar, a criança obesa precisa ser menos sedentária. Tarefa nada fácil graças à diversão virtual e à violência, mas nada pode ser usado como desculpa.

  • Para continuar o raciocínio do último tópico, o exemplo precisa vir dos adultos. Pais que se exercitam influenciam positivamente os filhos a fazer o mesmo.
  • Incentive as brincadeiras no quintal ou no playground, promovendo torneios lúdicos, sempre ouvindo o que as crianças gostam.
  • Deixe sempre uma bicicleta ao alcance da criança na garagem. Pedalar é um excelente exercício aeróbico e as crianças adoram.
  • A criança não sai da frente do videogame? Use a tecnologia a seu favor. Os videogames de última geração possuem jogos que faz com que a criança se movimente, caso do Kinect do Xbox 360 e o Wii Fit do Nintendo Wii. Pode não ser uma partida de futebol no campinho mas pelo menos alguns jogos permitem que algumas calorias se queimem.

Ajudar crianças obesas a eliminar o peso excedente também contribui para a formação de adultos saudáveis, dentro do peso ideal e livres de complicações cardiovasculares, da diabetes e de problemas digestivos. Não se furte a ajudá-las. O futuro agradecerá.

Avalie este conteúdo!
Avaliação média: 4.8
Total de Votos: 11
Como ajudar crianças obesas

Comente