Criolipólise emagrece?

A criolipólise é um tratamento estético que tem sido exaustivamente elogiado pela eficácia e facilidade de aplicação, quase sem dor. Mas essa técnica emagrece? Descubra.

10 de maio de 2014 • Por Mariana, em Assuntos Diversos, Comportamento


Existem tratamentos estéticos que alcançam notoriedade graças aos inúmeros elogios publicados em revistas e sites, e por isso podem confundir que  simplesmente passa os olhos nas novidades desse mercado milionário e fervilhante. Foi o que aconteceu com a criolipólise

Bastaram algumas matérias e adjetivos efusivos para que muitas se perguntem se esse tratamento emagrece. Iremos responder a essa pergunta de forma lenta e bem explicadinha.

barriga_dentro_img_principal

De onde vem o termo criolipólise

Resumindo, crioipólise é a técnica de congelamento de lipídios. A origem da junção das palavras vem do grego antigo (crio – frio; lipos – gordura). Na criolipólise congela-se a gordura localizada para que ela seja eliminada.

Mecanismo da criolipólise

Pesquisadores da universidade de Harvard observaram a capacidade que as baixas temperaturas tem em destruir células de gordura estudando povos que moram em regiões frias do planeta.

O excesso de frio é capaz de matar qualquer tecido, mas uma determinada temperatura baixa elimina apenas a gordura, sem causar danos à pele. A descoberta desse “ponto de esfriamento específico” foi o gatilho para a criação da criolipólise em meados dos anos 1980.

Eficácia da criolipólise

Dermatologistas em todos os rincões do planeta gritam em uníssono o quão eficiente é a criolipólise em comparação à métodos estéticos consagrados e populares como a  lipoaspiração e as técnicas de rádio-frequência. Todas as áreas com gordura localizada, segundo os dermatologistas, podem ser submetidas à criolipólise.

Etapas da criolipólise

Não há grandes preparos para que a pessoa faça a criolipólise. Acompanhe.

carregando…

  • Marca-se uma consulta com o dermatologista, que fará uma anamnese básica.
  • Analisam-se as áreas a serem resfriadas pelo chamado “escultor de gelo”.
  • Coloca-se um gel muito gelado sobre a pele a ser tratada.
  • O aparelho de criolipólise começa a prender e sugar a gordura congelada e “morta”.

Cada sessão dura em média uma hora e pode custar até R$ 4 mil.

Resultados

A criolipólise não é um processo imediatista; após a sessão, a pele adquire tom avermelhado e fica inchada por pelo menos 15 dias. Contudo, não é preciso repouso nem cuidados extremos. Cuidar da sensibilidade das áreas expostas ao frio e da alimentação são requisitos básicos.

Caso o paciente siga as recomendações pós-tratamento, pode-se eliminar até 30 por cento da gordura localizada em partes como:

  • Abdome;
  • Coxas;
  • Costas;
  • Braços.

A criolipólise emagrece?

NÃO. A criolipólise é um tratamento estético que visa eliminar pontos de gordura localizada e não camadas adiposas profundas. Ela sequer é indicada a pessoas com sobrepeso, além de mulheres grávidas.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!