Depoimento da Cris – Por que quero emagrecer

A Cris é inteligente e bem humorada, mas enfrenta algumas dificuldades para fazer atividade física e emagrecer. Conheça a história dela, e deixe seu depoimento de incentivo!

05 de abril de 2014 • Por Mariana, em Depoimentos Reais


A Cris é uma leitora antiga nossa, que mandou sua história para publicação. Para proteger sua identidade não vamos divulgar nada que possa identificá-la, porém nós a avisamos da publicação desta matéria com ela. Deixe seu comentário ao final, ela vai adorar (e eu também)!

Por que quero emagrecer?

Brinco que meu sonho de consumo é poder cruzar as pernas!

Até uns 38/40 anos mantive o mesmo peso. Depois comecei a engordar… Carrego hoje mais de 20% de peso extra! Haja perna!

Me sinto pesada e desconfortável.

Não durmo bem.

Pareço mais velha.

As roupas vão ficando apertadas… Tenho que comprar novas: mais gasto!

Como menos hoje.

Já tomei remédios com acompanhamento médico.

caminhada-ou-corrida1Gosto de caminhar (de manhã). Não suporto o calor, então preciso acordar cedo para caminhar. Às vezes isso se traduz em menos sono.

carregando…

Pensava que o sono era bom para melhor desempenho, melhor memória, melhor recuperação das células. Hoje sei que menos sono é igual a mais glicemia, menos saciedade, mais colesterol, mais estresse…

Já pensei em me abandonar… Acho maldade, pois não mereço. Cris

Cris, amiga, eu também acho que você não deve se abandonar. Você é inteligente e bem humorada, e o mundo precisa de pessoas assim. Infelizmente, nessa idade a gente vai ficando com tudo “fora do lugar”.

Um amigo sempre brinca que dizem que a vida começa aos quarenta porque na verdade ela acaba aí, e precisamos dar um jeito de juntar os cacos e renascer das cinzas.

Brincadeiras à parte, o que precisamos fazer — ou tudo que nos resta — é não fazer comparações conosco mesmas aos vinte anos de idade, porque o corpo sofre mesmo uma certa entropia. Temos que ser gentis conosco próprias, nos cobrar menos, e ser feliz uma pouquinho a cada dia.

Força, amiga, e se puder conta para gente, nos comentários, como está esse processo todo para você agora.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!