Dicas para manter a dieta

Preservar a dieta é um objetivo que pode ser facilitado com pequenas, mas muito eficazes, dicas.

13 de julho de 2015 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


Começar uma dieta é uma tarefa que exige foco, dedicação e uma boa dose de estratégia, mas que pode se feita a qualquer momento – como naquela eterna segunda-feira após a esbórnia. O difícil é manter o regime durante longos peíodos até que ele se torne parte de sua rotina.

Cientes disso, diversos nutricionistas esmeram-se em arquitetar macetes, pequenas e preciosas dicas para manter a dieta sob controle e saudável, sem sacrifícios.

Alguns bons artifícios dietéticos são essenciais para a manutenção do bem estar, da saciedade e da autoestima. Confira uma pequena compilação, mas lembre-se: siga sempre a recomendação de um nutricionista.

-dieta-detox-desintoxicacao

 

Índice de Assuntos

carregando…

O que comer

  • Em qualquer refeição, sempre coma proteína. O nutriente sacia e ajuda a aumentar a massa magra, que queima calorias de forma mais eficaz. Escolha sempre proteínas saudáveis e magras.
  • Use e, se não for alérgica, abuse dos temperos. Pimentas, especiarias e ervas dão sabor e ajudam a mascarar desejos alimentares causados pela ansiedade, como a vontade de comer doces e alimentos gordurosos.
  • Troque, quando for possível, carboidratos simples, como macarrão e arroz, por legumes e verduras em algumas refeições. O chamado esvaziamento gástrico diminui, e consequentemente a sensação de saciedade é prolongada.
  • Sempre tome o café da manhã. O jejum prolongado do sono precisa ser quebrado para que o metabolismo “engate a quinta marcha” e queime melhor as calorias.
  • Consuma mais fibras. Além de serem ótimas para a digestão, ajudam a diminuir os níveis de colesterol.

Quando comer

  • Evite os famosos lanchinhos noturnos em frente à televisão ou enquanto navega na internet. Caso a vontade de comer seja maior do que sua força de vontade, opte por uma fruta leve.
  •  Se você é adepta de alguma bebida alcoólica, limite seu consumo (moderado, por favor) aos fins de semana. E nada de “enfiar o pé na jaca”; uma cerveja ou uma dose de destilado são suficientes.
  • Coma quando REALMENTE estiver com fome. Não use a refeição como um prêmio ou muleta psicológica.

Modo de comer

  • Anote o que você come durante o dia e analise essa lista à noite, listando o quê, onde, quando e, mais importante, porquê. Analise a lista diariamente.
  • Divida as porções durante o dia em partes pequenas. Caso você sinta fome fora de hora durante as refeições, as chances disso acontecer quando se come um pouco em menor tempo tendem a diminuir.
  • Use as medidas padronizadas e as entenda. Ao cozinhar, atente para isso e evite a tentação de supervalorizar a porção, como usar a famosa “colher de sopa de mãe” em uma receita.
  • Habitue-se a eliminar petiscos doces e salgados da despensa. Troque-os por legumes, verduras e frutas devidamente acondicionadas em embalagens prontas para consumo rápido. Assim, a tentação de ligar para o disque-pizza diminui.

Além das dicas acima, lembre-se de mais algumas atitudes simples:

  • Tome muita água. Sentir sede e confundi-la com fome é maia comum do que se imagina.
  • Pese-se uma vez por semana para monitorar o progresso de seu projeto de emagrecimento. Mas nada de neuras!
  • Peça ajuda da família e nunca deixe de consultar seu médico.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!