Dieta alcalina ou dieta do pH

Celebridades como Victoria Beckham e Jennifer Aniston apoiam e recomendam a dieta alcalina, ou dieta do pH, como o segredo da boa forma de ambas. Já ouvir falar dessa dieta?

17 de fevereiro de 2014 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


Algumas dietas da moda gostam de cooptar celebridades para corroborar seus efeitos positivos e esconder algumas possíveis incongruências ou impossibilidades financeiras, logísticas e culturais.

Outras preferem basear-se em fatos metabólicos cientificamente comprovados e misturam isso em um caldo multimídia.

A dieta alcalina, ou dieta do pH, quer unir o melhor dos dois mundos: a correção científica e o charme dos famosos que aprovam esse método.

Junte a isso o resultado de pesquisas sérias veiculadas no Congresso Internacional de Nutrição Clínica e Esportiva Funcional, realizado em setembro de 2013 em São Paulo, e temos um candidato forte a “dieta da vez” entre os especialistas

Mas o que os níveis de pH tem em comum com uma dieta que promete eliminar peso excedente?


O que é pH?

0004673337O-849x565

É a sigla para potencial hidrogeniônico, ou a quantidade de íons de hidrogênio presente em uma solução. Sua representação é feita em uma escala numérica que vai de 0 a 14, dividida da seguinte maneira:

  • pH entre 0 e 7: solução ácida.
  • pH entre 7 e 14: solução alcalina.
  • pH entre 7,1 e 7,4: solução neutra, com tendência à acidez.
  • pH entre 7,5 e 7,9; solução neutra, com tendência à alcalinidade.


Como o nível de pH influi no peso?

De acordo com fisiologistas, os fluidos do organismo, principalmente o plasma sanguíneo, precisam ter o pH neutro mas puxando para o lado alcalino para que o corpo realize as funções metabólicas, enzimáticas e de defesa com eficiência máxima.

Para que isso aconteça, os alimentos que ingerimos precisam manter o equilíbrio hidrogeniônico. Traduzindo, precisamos manter o organismo alcalino aumentando o número de alimentos alcalinos ou que promovam o equilíbrio do pH e consequentemente a manutenção do peso ideal.

Agora tente adivinhar quais alimentos promovem o aumento da acidez e consequentemente o desequilíbrio. Acompanhe:

  • Açúcar.
  • Sal.
  • Gorduras animais.
  • Álcool.
  • Café em excesso.


carregando…

Os princípios da dieta alcalina ou dieta do pH

A ideia por trás da dieta alcalina é simples: promover o balanço correto do pH do organismo, transformando-o em um meio alcalino e metabolicamente saudável. Resumindo em números, precisamos manter uma proporção de consumo de alimentos divididos em 60% de produtos alcalinos e 40% de alimentos ácidos.

A dieta alcalina é basicamente vegetariana, crudívora e livre de agrotóxicos. O consumo de água mineral é recomendado, já que a bebida tem pH neutro. Veja uma lista de alimentos recomendados de acordo com sua alcalinidade:

pH 10, muito alcalino:  Legumes verde-escuros, cítricos como limão e lima (quando digeridos, os frutos ácidos provocam a alcalinização do corpo), alho.

pH 9, bem alcalino: frutos ricos em carotenoides (geralmente são amarelos), raízes como inhame e mandioca, clara de ovo.

pH 8, moderadamente alcalino: maçã, tomate, amêndoas, pêssegos, pimentão, laranja, banana, goiaba.


Como fazer a dieta alcalina

Como deve ter ficado claro, a dieta do pH é ligeiramente restritiva e calcada em um fino equilíbrio, que só será alcançado plenamente sob acompanhamento médico. A inclusão de atividades físicas é obrigatória, já que a ativação da corrente sanguínea e a transpiração ajudam a liberar as toxinas.

Por mais que a tentação em seguir uma dieta exclusivamente vegetariana seja celebrada, mesmo que de forma velada, pela dieta, aposte antes de mais nada a estabilidade ante ácido e base do seu organismo sem deixar de consumir os nutrientes essenciais à vida.

Como sempre, não comece nenhuma dieta sem consultar seu médico. É um recado repetitivo, mas necessário.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!