Dieta da Humilhação

Expor você mesmo ao ridículo e usar isso como estímulo para emagrecer. Essa é a ideia da chamada dieta da humilhação.

04 de abril de 2015 • Por Mariana, em Comportamento, Dicas e Dietas


Usar a vergonha em expor as mazelas para emagrecer. Foi pensando nisso que uma nova modalidade de dieta tem feito sucesso na internet, principalmente por quem usa o Twitter: ela tem o nada simpático nome de Dieta da Humilhação.

A bem da verdade, estou escrevendo este texto um tanto quanto horrorizada com esta tal dieta, mas prometi a mim mesma que iria ser imparcial e objetiva. Vamos ao que interessa.


O que é a Dieta da Humilhação

Alguém, no grande conglomerado de pessoas usuárias do Twitter, resolveu criar uma hashtag para que outros tuiteiros postem o seu peso e expliquem o porquê desta medida estar assim.

Postando em #tweetyourweight, todos têm acesso a uma das mais sigilosas informações que uma mulher tem: o seu peso.

perder-peso

A proposta da hastag, que aqui no Brasil levou o terrível nome de Dieta da Humilhação, é que cada usuário poste suas medidas corporais e o que está fazendo, ou não, para modificá-las como uma espécie de prestação de contas sobre seus atos.

carregando…

Fazendo isso, todos sentirão-se compelidos a manter e melhorar as marcas postadas anteriormente porque sentirão vergonha em admitir um eventual fracasso. A ideia por trás da Dieta da Humilhação é emular as famosas reuniões semanais dos Vigilantes do Peso sem precisar pagá-las.


Os prós e contras da Dieta da Humilhação

  • Quem tem uma boa rede de amigos pode receber postagens de incentivo quando a pessoa perde peso.
  • Por outro lado, quem sofre de baixa autoestima não pode sequer pensar em se expor desta maneira.
  • A troca de informações sobe dietas de sucesso pode ser um estímulo a mudanças de estilo de vida e alimentação
  • Contudo, o intercâmbio de conselhos sem o crivo profissional de um nutricionista, principalmente no que tange às dietas e atividades físicas, pode ser pouco saudável. Nem tudo que dá certo para uma pessoa serve para outra.
  • Os principais perigos da Dieta da Humilhação estão na frustração que poderá advir de qualquer desvio de rota, como perdas de peso pouco significativas, e o cyberbullying, onde as informações passadas de boa vontade pela pessoa possam ser usadas como meio de intimidação e ridicularização.

Tome muito cuidado com a Dieta da Humilhação. Caso você tenha históricos depressivos e de baixa autoestima, evite abrir-se tanto assim na rede mundial de computadores. Agora, se o incentivo virtual anima você a ponto de fazê-la mudar hábitos alimentares e de conduta, sirva-se com cautela e nunca deixe de consultar um médico caso haja alguma dúvida.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!