Dieta da meta real

A dieta da meta real propõe uma mudança de hábitos alimentares sem traumas e saudável, eliminando a compulsão e as proibições.

07 de outubro de 2014 • Por Mariana, em Destaques, Dicas e Dietas


Os regimes que realmente funcionam baseiam suas principais premissas no equilíbrio. Desde que foi criada nos anos 1980, a dieta da meta real é um dos mais aclamados métodos dietéticos, já que ela não se limita apenas a fazer emagrecer.

O grade segredo da dieta meta real é fazer com que a pessoa emagreça e se mantenha magro, evitando o efeito sanfona, sem privações e restrições, comendo tudo na medida certa.

101220_120302


Fundamentos básicos da dieta da meta real

A alimentação é essencial ao ser humano, e esse é o propósito básico que deve pautar qualquer tipo de dieta. Na meta real, existem preceitos simples de serem entendidos e seguidos, desde que haja um mínimo de disciplina, como qualquer meta nutricional. Veja quais são:

  • Não existem alimentos proibidos, e sim quantidades corretas que devem ser ingeridas.
  • É preciso saber diferenciar a necessidade de nutrir o corpo e a ansiedade que nos faz comer. Resumindo, é saber o que é a fome e o que é a vontade de comer.
  • Na dieta da meta real, bastam as três principais refeições e nada mais.
  • Cada uma de nós decide quando e como emagrecer.


O começo: o disco alimentar.

O principal manual da dieta da meta real é o chamado disco alimentar. Ele é um guia de auxílio ao regime fundamentado em três grupos alimentares já conhecidos graças à piramide alimentar: os construtores, os energéticos e os reguladores. Cada um distingue-se do outro através de cores.

  • Os alimentos construtores (proteínas) estão na faixa amarela.
  • Os alimentos energéticos (gorduras, açúcares e cereais) pertencem à faixa vermelha.
  • Os alimentos reguladores (legumes, verduras e frutas) ficam na faixa verde.

O formato de disco desse mosaico alimentar é para facilitar a escolha e a variedade. Combina-se as três cores, que indicam as comidas e suas respectivas porções por refeição (café da manhã, almoço e jantar).


O meio: conhece-te a ti mesmo

Já dissemos isso antes, mas muitas de nós vêem a comida como recompensa ou desabafo pelas frustrações. Quando isso acontece por anos seguidos, não nos é mais permitido saber diferenciar conscientemente a fome a vontade de comer para compensar as desilusões ou como prêmio.

carregando…

Nas palestras desenvolvidas pela equipe da dieta da meta real, mostra-se como promover o discernimento entre a fome que pode nos causar inanição e a vontade que temos de nos sentir abraçadas por gorduras e doces.


O restante do percurso: refeições balanceadas e contínuas.

A dieta da meta real, ao contrário de muitos regimes famosos, prega que são necessários apenas o café da manhã, o almoço e o jantar para que corpo fique devidamente nutrido e satisfeito.

Usando o disco alimentar e não se privando de nada que em outras dietas é considerado proibido, a dieta da meta real limita em 1200 calorias diárias o consumo de cada pessoa, sem prejuízo nutricional e psicológico.

A partir dessa pequena doutrinação, ou tutorização se preferir, os adeptos da dieta da meta real aprendem a fazer escolhas corretas automaticamente em um período razoável de tempo, aprendendo que é a supressão compulsória que induz às compulsões engordativas.


Considerações finais

A dieta da meta real é um método pago de emagrecimento. Informe-se na internet onde os grupos são formados e os preços praticados. A meta real possui casos de sucesso relatados em diversos sites e revistas confiáveis, contudo o alerta continua valendo: só faça dietas sob severa supervisão de seu médico.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!