Dieta da Sopa

Existe alguma dieta da sopa que não resvale na maluquice hipocalórica das receitas dietas milagrosas? Felizmente, a resposta é sim.

08 de maio de 2015 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


A dieta da sopa é, muito provavelmente, a primeira dica “infalível” que é dada para quem quer perder peso. Infelizmente, a dieta da sopa passou por período de descrédito graças a receitas miraculosas e malucas que restringiam substâncias essenciais ao organismo.

Graças a nutricionistas sérios e publicações responsáveis, a dieta da sopa encontrou novamente espaço entre  os regimes de sucesso por incluir um ingrediente essencial ao caldo: bom senso.


A verdadeira dieta da sopa

O objetivo da dieta da sopa é nobre: alimentar o organismo sem enchê-lo de calorias. Para que isso aconteça, a dieta determina algumas restrições alimentares

Isso é feito sem que para isso se elimine vitaminas, minerais, fibras e proteínas do cardápio.

A principal restrição da dieta da sopa é o carboidrato simples, por isso acompanhamentos tradicionais como pão francês e croûtons ficam de fora.

Prefira sempre legumes em pedaços ou cubos para estimular a mastigação. Sopas batidas no processador são digeridas mais rápido e causam acessos de fome fora de hora.

O uso de feijão e demais grãos deve ser pensado para que a quantidade de calorias não ultrapasse a meta estabelecida pelo nutricionista.

carregando…

A sopa pode ser enriquecida com fontes magras de proteínas, como frango sem pele, carnes vermelhas com baixo teor de gordura e queijos magros, como a ricota.

Seguindo a dieta da sopa corretamente, é possível perder até quatro quilos por mês sem deixar o corpo debilitado.


Como fazer a dieta da sopa

  • Primeiro, peça ajuda a um nutrólogo para que ele dê dicas sobre alimentos com baixas calorias e boas fontes de vitaminas e minerais. Concentre-se em alimentos que possam frear o envelhecimento das células combatendo os radicais livres. Uma boa sopa deverá conter fibras, proteínas, vitaminas A, C e E e minerais como magnésio e zinco.
  • Feita a sopa, preferencialmente com água ou leite desnatado, substitua no máximo duas refeições por dia pela dieta da sopa durante apenas sete dias. Tome um café da manhã com alimentos leves e lanche entre as principais refeições tomando um suco de frutas – aliás, os sucos e vitaminas são auxiliares fundamentais durante o período da dieta da sopa; faça os sucos com água ou leite desnatado e sem açúcar.
  • Após a primeira semana, tome a sopa apenas no jantar durante no máximo 15 dias, caso contrário seu organismo ficará fraco. O objetivo da dieta da sopa é eliminar o peso extra, e não tornar-se parte eterna do cardápio.


O que não pode na dieta da sopa

  • A dieta da sopa deve ter dia para começar e acabar, e esse período de tempo deve ser o mais curto possível. Por mais saudável que a dieta da sopa seja, ela é hipocalórica e pode deixar você magra e fraca. Seja cautelosa.
  • A dieta da sopa exige rigidez. Não pule refeições, elimine o que a dieta pedir e continue fazendo exercícios físicos moderados.
  • Crianças, idosos, gestantes e pessoas que tenham um problema de saúde qualquer não devem fazer a dieta da sopa.

Consulte seu médico quando começar a dieta da sopa e qualquer outra dieta. Embora haja muitas receitas de sopas, sucos e vitaminas na internet, não as abrace sem antes saber o que é ideal para você.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!