Dieta de emagrecimento e tontura

Uma dieta deve ser, antes de qualquer coisa, saudável. Se ela causa, em algum momento, tontura em qualquer grau, leia esse texto e saiba o que fazer.

23 de março de 2015 • Por Mariana, em Comportamento, Dicas e Dietas


A eterna luta com os ponteiros (ou display digital) da balança de muitas de nós nos fazem “reféns” de dietas de emagrecimento. A maioria (pelo menos assim espero) tem um esmero clínico cuidadoso, mudando corretamente hábitos alimentares, eliminando o sedentarismo e tendo como recompensa o uso sem problemas daquele jeans tão amado.

Contudo, em alguns casos não tão raros assim, há uma óbvia e até assustadora relação entre a dieta de emagrecimento e tontura que vez por outra insiste em aparecer. O que pode estar acontecendo?

Dieta e deficiência alimentar

Nas dietas de emagrecimento que pregam alguma espécie de restrição, o peso realmente é eliminado e até com certa rapidez.

O organismo geralmente interpreta isso como uma perda momentânea e usa as reservas nutricionais presentes na camada de gordura e no sangue para manter o metabolismo.

O problema é o entusiasmo causado pela perda em algumas de nós graças à essa dieta de emagrecimento, o que leva à continuidade da restrição por períodos maiores.

O corpo possui reservas não só de gorduras, mas também de micronutrientes que “seguram a onda” por um determinado tempo. Algumas gorduras e proteínas podem ser metabolizados mais facilmente e até de certa forma “criados” (e mais uma vez eu digo: isso é uma simplificação para facilitar o entendimento).

carregando…

Contudo, os nutrientes precisam ser repostos com uma certa frequência. Quando o tanque-reserva dos micronutrientes acaba, o sinal de alerta do metabolismo acende forte.

Dieta e desnutrição

Eis o motivo principal da ligação entre dieta de emagrecimento e tontura: a desnutrição consentida e sem efeito. Após um tempo de perda de peso o corpo entra na zona de conforto preservacionista e já não considera a ausência de alimento um episódio temporário, e sim uma ameaça à vida. Acompanhe o que a falta de alguns nutrientes causa.

  • A deficiência de ferro na alimentação faz com que o sangue perca sua principal fonte de produção de hemácias, causando anemia. Se uma dieta restringe, por exemplo, o consumo de carnes, que são fontes de ferro heme, facilmente absorvido pelo corpo, e faz com que as fontes de ferro restrinjam-se aos vegetais verde-escuros, que possuem ferro não-heme, há um problema de absorção, pois o ferro não-heme só é devidamente ingerido pelo corpo junto com a vitamina C.
  • A falta de vitamina C também é grave. Além de ajudar a sintetizar o ferro não-heme dos vegetais a dos grãos, ele é um poderosíssimo antioxidante. Contudo, de nada adianta consumir a vitamina C em conjunto com alimentos que  diminuem sua absorção, como a cafeína por exemplo.
  • Quando micronutrientes como os acima citados mais zinco, potássio, selênio, vitaminas do complexo B, A, K e D, entre outros, há também uma tendência a queda da imunidade, fazendo com que o organismo fique vulnerável a diversas doenças. A tontura é um dos sintomas mais visíveis da baixa imunidade.

Se a dieta de emagrecimento causa tontura em você, não tenha a menor dúvida: procure seu médico e mude IMEDIATAMENTE esse novo hábito alimentar. Investigue as deficiências nutricionais e tome providências saudáveis.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!