Dieta detox – como, quando e porquê fazer

A dieta detox pode ajudar no emagrecimento e na eliminação de toxinas?

23 de maio de 2014 • Por Mariana, em Destaques, Dicas e Dietas


A dieta detox – diminutivo para “desintoxicante” – tem sido alardeada como a mais nova estratégia para eliminar peso e toxinas de forma rápida.

Embora muitos usem essa dieta para esse fim, ela não foi crada para isso especificamente, e se uma pessoa a seguir sem o devido acompanhamento nutricional pode ter problemas de saúde como fadiga, enxaqueca, mal-estar e desmaios.

Limpe-O-Organismo


O que é a dieta detox

Basicamente, é a dieta feita para ajudar o nosso sistema excretor, principalmente o fígado, a eliminar toxinas provenientes do consumo excessivo de gorduras, bebidas alcoólicas e açúcar.

Dietas que eliminam alimentos processados, como embutidos e enlatados, também podem entrar na categoria “detox”.


Princípios da dieta detox

Geralmente hipocalórica, ou seja, com baixo índice de calorias, o cardápio detox clássico é líquido, baseado em sucos, sopas e chás. Alimentos sólidos podem ser incluídos, principalmente verduras e frutas.

A principal característica da dieta detox é ser de “tiro curto”, ou seja, ela é consumida por um período de tempo reduzido, que pode variar entre alguns dias e no máximo duas semanas.


A dieta detox emagrece?

A princípio sim. Dietas líquidas hipocalóricas fazem com que o organismo perca líquido e gordura, pois as reservas de gordura são consumidas assim que o metabolismo percebe que não recebe mais o mesmo aporte de nutrientes.

Contudo, esse tipo de dieta é a que mais causa o temido efeito sanfona. Quando o regime termina e o consumo de alimentos volta ao normal, o corpo reage acumulando a gordura perdida. Esse acúmulo geralmente é maior do que a perda conseguida.

carregando…


Os perigos da dieta detox

Fazer a dieta detox sem o devido acompanhamento médico e nutricional costuma ser danoso. Mulheres com vida muito ativa no trabalho ou quem pratica exercícios de forma regular devem tomar cuidados extras.

Os já citados distúrbios de saúde (tontura, mal-estar. desmaios) serão potencializados devido ao baixo consumo de calorias sem critério. Além desses perigos, quem possui tendência a ter diabetes precisa ter cuidado.

Sucos possuem menos fibras e aumentam o índice glicêmico do alimento. Para compensar isso o pâncreas produz mais insulina, o que pode causar sobrecarga e elevar o risco de diabetes .


Quando a dieta detox pode ser eficiente?

Quando o médico e o nutricionista prescreverem uma dieta feita especificamente para seu caso. A desintoxicação é feita naturalmente pelos nossos órgãos e alguns alimentos podem auxiliar o organismo.

A inclusão de frutas, legumes e verduras na dieta podem dar uma força extra ao metabolismo na eliminação de toxinas, principalmente as que possuem efeito antioxidante.

Contudo, a dieta detox não é milagrosa. Ela pode ser a ponte de acesso a mudanças alimentares saudáveis, desde que devidamente prescritos após uma análise nutricional e física. Seja responsável pela sua saúde, sempre.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!