Emagrecimento japonês

Quem ouviu falar em um método de emagrecimento japonês à base de um macarrão chamado konjac quer saber o quão eficiente e seguro é essa nova estrela entre as dietas.

21 de maio de 2015 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


“Milagroso” é um adjetivo que me enche de brotoejas, principalmente quando se une ao substantivo “dieta”. Pois uma dieta da moda, chamada de Emagrecimento Japonês, é chamada por diversas revistas e portais de “Dieta do Miojo milagroso”.

Culpa de uma celebridade do Primeiro Mundo, a chef e apresentadora inglesa Nigella Lawson, cujo programa é retransmitido aqui no Brasil pelo canal GNT. Adepta da culinária sem culpa calórica e esteta do “orgulho gordo”, Nigella perdeu peso e disse que a responsável era o Emagrecimento Japonês.

Esse método é também conhecido como Dieta do Miojo (a empresa que fabrica o macarrão deve estar feliz com a propaganda gratuita). Resultado: a procura pela dieta e pelo tal miojo simplesmente explodiu. Quer saber qual apito o Emagrecimento japonês toca? Que bom que perguntou.

 


O que é o Emagrecimento Japonês?

Primeiro, vamos saber de que miojo esta dieta fala. O macarrão instantâneo usado é chamado de “konjac”, nome da batata que é a base do miojo. Ao contrário das batatas às quais estamos acostumados, a variedade konjac não possui amido; ela é rica em fibras e pobre, muito pobre em calorias.

O macarrão feito à base de batata konjac é basicamente água com fibras e possui inacreditáveis 10 calorias por porção. O miojo não tem gosto de nada – dizem que chuchu é muito mais saboroso – e por isso o Emagrecimento Japonês também inclui o preparo do macarrão com legumes e verduras, já que não há nenhum nutriente digno de nota no miojo “milagroso”.

O Emagrecimento Japonês consiste em incluir esse macarrão nas principais refeições para reforçar o emagrecimento e no controle do colesterol,  da pressão alta e do excesso de açúcar.

carregando…


Como o Emagrecimento Japonês funciona?

  • O miojo milagroso usado como base no emagrecimento japonês (nos países de língua inglesa o macarrão é chamado de miracle noodle) não fornece calorias para engordar nem um piscar de olhos.
  • Dentro do estômago, o miojo transforma-se em uma substância com nome esquisito: glucomanan. Quando ingerido com água, o glucomanan incha e cria um grande volume no estômago, o que dá sensação de saciedade. Não é preciso uma grande quantidade do miojo para que isso aconteça.


O Emagrecimento Japonês tem alguma restrição?

Mas é claro. Como deu para notar, o Emagrecimento Japonês é excessivamente hipocalórico e pobre em nutrientes essenciais ao metabolismo.

Esta dieta, caso você resolva fazê-la, deve ser feita por períodos curtos, utilizando o máximo de legumes e verduras possível e sob severa observação médica.

Não tente viver à base do Emagrecimento Japonês porque a deficiência nutricional dela pode causar danos sérios à saúde a médio prazo.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!