Dieta dos alimentos crus

A dieta dos alimentos crus prega o consumo de alimentos em sua forma natural. É uma alternativa saudável?

05 de agosto de 2014 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


Quem gosta de experimentar dietas restritivas seguidas por celebridades já deve ter ouvido falar da dieta dos alimentos crus. Como o próprio nome entrega, o foco é o consumo de alimentos sem prévio cozimento e iluminou-se sob os holofotes graças à atriz Demi Moore e à cantora Kelly Osbourne.

Consumir alimentos crus não é exatamente uma novidade dietética. Nossos antepassados tinham que se alimentar de alguma maneira antes da descoberta do fogo. Contudo, a nutricionista estadunidense Natalia Rose fez pesquisas que a levaram a escrever o livro “The Raw Food Detox Diet” (A dieta desintoxicante dos alimentos crus), sem edição brasileira.

Segundo os estudos, quem consome alimentos cruz tem, em média, 12 quilos a menos do que quem se alimenta com produtos cozidos e processados. Essa  vertente dietética tem até nome: crudivorismo.

Alimentos-Crus1


O que é crudivorismo?

Também chamado de “Alimentação Viva” por alguns, o crudivorismo prega o maior consumo de alimentos in natura e é proeminentemente vegetariana. Existem diversos tipos de crudívoros (a palavra tem origem latina: crudus significa cru):

  • Há quem consuma 100% de alimentos crus, não permitindo cozimento de espécie alguma.
  • A maioria prefere a proporção 70/30, ou seja, 70% de alimentos crus e 30% de produtos que podem ser cozidos. São em sua maioria os chamados ovolactovegetarianos, que se permitem o consumo de ovos e laticínios.


Princípios da dieta dos alimentos crus

O conceito é simples. Elimina-se ensopados, cozidos e assados e privilegia-se frutas, verduras e legumes  que possam ser comidos crus. Segundo Natalia Rose, o cozimento de determinados alimentos é prejudicial à absorção dos seus nutrientes.

Na dieta, elimina-se toda forma de produto processado. Mesmo os tão incensados pães  e massas integrais devem ser abolidos, já que passam por cozimento. Produtos processados e refinados são terminantemente proibidos.

Ainda de acordo com a nutricionista, a dieta dos alimentos crus tem função desintoxicante, eliminando toxinas e radicais livres graças ao poder dos nutrientes potencializados por não terem sido eliminados no cozimento.


carregando…

Existem exceções?

Sim. Quem ainda permite o consumo de ovos, leite e derivados na dieta precisa consumi-los após pasteurização e cozimento. Comer esses alimentos in natura não é reconhecidamente saudável, pois são fontes de fungos, vírus e bactérias nocivas à saúde, como a salmonela presente nos ovos crus.

Alguns alimentos conseguem fornecer maior quantidade de nutrientes após cozidos ou processados, como o tomate e a cenoura, por isso podem ser consumidos mesmo após cozimento.


Alimentos mais usados na dieta

São basicamente frutas, verduras e legumes, além de temperos e algumas sementes oleaginosas. Acompanhe.

  • Vegetais – pepino, abobrinha, cenoura, alface, pimentão, tomate, salsão.
  • Frutas – maçã, abacate, banana, abacaxi, laranja.
  • Frutas secas em geral.
  • Temperos – curry, açafrão, gengibre, noz-moscada, pimenta-do-reino.
  • Sementes oleaginosas – castanhas, nozes, amêndoas.


Os riscos da dieta dos alimentos crus

O primeiro alerta é sobre a natureza restritiva da dieta. A quantidade de calorias diária sugerida por ela nos diversos cardápios elaborados no livro raramente ultrapassam as 1000 calorias, por isso ela só pode ser seguida mediante rigoroso acompanhamento e prescrição de um nutricionista.

O consumo de alguns alimentos crus pode ser nocivo à saúde, pois além dos infectantes acima mencionados (vírus, fungos e bactérias), alguns alimentos podem estar contaminados, em maior ou menor grau, por agrotóxicos.

Por isso, o alerta que damos desde os primórdios do blog será repetido: não faça nenhuma dieta sem acompanhamento médico.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!