Dieta Ornish, a dieta vegetariana

A dieta Ornish é uma das que recebem melhor avaliação da comunidade médica graças à junção de alimentos reconhecidamente saudáveis e mudanças positivas no estilo de vida.

17 de maio de 2014 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


O doutor Dean Ornish, professor de Medicina na Universidade da Califórnia, provavelmente foi um dos principais artífices da popularização do termo “qualidade de  vida” no que diz respeito às dietas, pois suas pesquisas sobre os efeitos da alimentação sobre a saúde remontam à década de 1970.

Suas pesquisas sobre doenças coronarianas o levaram a desenvolver um misto de conduta dietética e de mudança de hábitos que reconhecidamente surtiram efeitos positivos sobre a saúde do coração. A perda de peso era uma das mais desejadas consequências dessa dieta vegetariana.

Princípios da dieta Ornish

ornish-dietO principal objetivo do doutor Ornish ao desenvolver o programa de reeducação alimentar e comportamental é diminuir a incidência de doenças do coração, eliminando fontes de gorduras, promover a saciedade com alimentos saudáveis, incluir atividades físicas e terapias ditas como alternativas, como meditação, ioga e técnicas de relaxamento.

Os resultados práticos da dieta Ornish puderam ser quantificados e estudados em larga escala, pois os casos em que pacientes conseguiram desentupir as artérias e veias apenas mudando os hábitos alimentares.

Os principais pilares da dieta são:

  • A classificação do alimentos em grupos, que abrangem alimentos mais e menos saudáveis;
  • Inclusão de exercícios adaptáveis a cada um , sem imposições e obedecendo o ritmo de cada um;
  • Eliminação do estresse com técnicas de relaxamento, meditação ou oração (dependendo da orientação religiosa de cada um) e ioga.
  • Práticas de boa convivência familiar e em sociedade.

Tabela de alimentos da dieta Ornish

Os alimentos sugeridos pela dieta Ornish seguem preceitos vegetarianos, graças aos seus estudos e, evidentemente, às suas crenças pessoais devidamente abalizadas pela ciência. Acompanhe.

Alimentos que podem ser consumidos à vontade, quando estiver com fome

  • Frutas, exceto as com altas taxas de gordura, como abacate.
  • Legumes e verduras.
  • Cereais integrais.
  • Vegetais.

Alimentos que devem ser consumidos com moderação

  • Laticínios desnatados;
  • Iogurtes com taxa de gordura zero.
  • Clara de ovo
  • Alimentos prontos com taxas de gordura baixas ou zero, como barras de cereais e sorvetes tipo frozen yogurt.

Alimentos que devem ser evitados

carregando…

  • Quaisquer óleos, inclusive azeite.
  • Nozes e sementes.
  • Laticínios integrais.
  • Carnes de qualquer tipo.
  • Bebidas alcoólicas.
  • Açúcar.

As taxas de gordura permitidas pela dieta Ornish são baixíssimas; recomenda-se 10 por cento ou até menos por dia, preferencialmente presentes nos alimentos consumidos com parcimônia acima citados.

Dominando o metabolismo

Segundo o doutor Dean Ornish, o grande problema é que o metabolismo humano ainda se comporta como se ainda tivesse que acumular energia como nos tempos nômades dos nossos antepassados. Para enganá-lo e dar a ele a sensação de saciedade proporcionada pela gordura, ele recomenda o consumo de mais verduras, legumes e produtos integrais.

Seguindo os preceitos da dieta volumétrica, esses alimentos diminuem a velocidade do esvaziamento gástrico, dando maior tempo de sensação de barriga cheia sem acréscimo de calorias indesejadas.

Prós e contras da dieta Ornish

A proposta vegetariana e de qualidade de vida do doutor Ornish é uma das mais celebradas entre a comunidade médica, pois os resultados são cientificamente comprovados. O balanço entre alimentos saudáveis, atitudes positivas e atividades físicas é visível em todos os pacientes que seguem os preceitos da dieta.

Entretanto, alguns médicos condenam a baixa taxa de gorduras da dieta, pois sabe-se da importância delas assimilação e diluição de vitaminas, como a K, solúvel apenas em gordura e importante para a coagulação sanguínea. Sem contar com os benefícios que as gorduras mono e polinsaturadas fazem ao sistema circulatório.

Nunca siga uma dieta sem orientação médica.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!