Dieta para a mulher perder barriga

Nenhuma mulher gosta de ter acúmulo de gordura na barriga, e sumir com ela requer disciplina e mudança de hábitos.

13 de fevereiro de 2015 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


Nosso metabolismo joga contra nós mesmas. Uma dieta para a mulher perder a barriga precisa levar em consideração uma triste porém verdadeira constatação: nós, mulheres, temos maior propensão em acumular gordura.

Contudo, usar o metabolismo como desculpa para continuar mantendo aquela indesejável barriga não cabe mais em um mundo cheio de possibilidades dietéticas.


Uma análise sobre o que aumenta a barriga

Nem sempre retirar alimentos e consequentemente seu valor em calorias fará com que a mulher perca peso. Muita dieta para a mulher perder barriga baseia-se em uma constatação interessante: a quantidade do que se come nem sempre é o tópico mais importante, mas sim o que se come.

Certos alimentos tem a capacidade de aumentar a produção de insulina, como o açúcar refinado presente na maioria dos doces. O grande problema desses picos de produção é o consumo rápido demais da energia fornecida pelo açúcar; isso é interpretado pelo metabolismo como deficiência alimentar, que gera as famosas fomes fora de hora e sempre por alimentos hipercalóricos.

Por isso, consumir alimentos que evitem a produção exacerbada de insulina e que provoquem a mastigação mais lenta e sensação de saciedade por mais tempo é o grande segredo da dieta para a mulher perder barriga.

carregando…


Dieta para perder barriga: passo a passo

  • O primeiro passo é cortar o excesso de consumo de doces. É uma delícia comer uma barra inteira de chocolate sozinha, mas esse excesso de açúcar faz com que a insulina consuma rápido demais o alimento, causando fome quase que imediatamente após a última dentada no doce. Controle a gula.
  • Esse açúcar consumido fica reservado como gordura justamente na região da barriga. Esse tecido adiposo é particularmente perigoso, chamado pelos médicos de gordura visceral, pois acumula-se em importantes órgãos do sistema digestivo, como o fígado e o pâncreas, podendo causar problemas circulatórios, diabetes e mesmo câncer.
  • Para que o metabolismo diminua a produção excessiva de insulina, é preciso aumentar o consumo de alimentos com menor densidade energética, como alimentos integrais (aposte na aveia em flocos sem sabores, arroz integral e granolas), folhas verde-escuras, frutas vermelhas (ambos têm excelente digestibilidade e melhoram a circulação sanguínea, além de saciar a fome por mais tempo) e sementes ricas em gorduras insaturadas como a castanha e a noz.
  • Aliando esses cuidados alimentares a uma rotina mais eficaz de atividades físicas, é possível perder a barriga e eliminar a gordura visceral mais rapidamente. Exercícios aeróbicos de média intensidade são os mais indicados (estou levando em consideração o fato de a maioria de nós não ser exatamente triatleta), como ciclismo e caminhadas mais aceleradas.

Aumentar o trabalho de nosso metabolismo é a principal meta da dieta para a mulher perder barriga, pois só assim a meta da barriga chapada será alcançada com louvor. Nunca deixe o seu nutricionista fora desta ou de qualquer atitude, pois ele saberá dosar a dieta ideal para você.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!