Dietas com calorias muito baixas

As dietas com poucas calorias existem e não podemos ignorá-las. Precisamos conhecê-las para saber quais atitudes tomar a respeito delas.

17 de janeiro de 2015 • Por Mariana, em Destaques, Dicas e Dietas


A adesão maciça de celebridades às dietas com muito baixas calorias tornam hercúlea a tarefa de sugerir uma reeducação alimentar feita com cuidado e sem pressa.

Afinal, ver Beyoncé, Gwen Stefani e Kate Middleton, entre outras, mantendo os corpos esculturais e eventualmente perdendo peso com a velocidade de um bólido de Fórmula 1 é um estímulo inegável para quem quer eliminar peso.

Como não é possível lutar contra a força da propaganda, nos resta dizer o que se sabe de forma concreta sobre essas dietas hipocalóricas.


A dieta das famosas não se resume a comer menos

O que existe em comum a todas as dietas seguidas pelas famosas é o acompanhamento criterioso e dispendioso de nutricionistas, personal trainers e demais profissionais estrelados.

Os cardápios são elaborados com o que existe de melhor e mais eficiente nas despensas e as sessões de treino, aliadas à rotina agitada das estrelas (lembrem-se que Beyoncé pode perder até três quilos cantando e dançando em um show), agem nos músculos e eventuais acúmulos de gordura sem piedade.


Dietas hipocalóricas acessíveis

Como estamos falando com “pessoas normais”, iremos nos ater às dietas existentes que possam ser seguidas sem precisar ser milionárias.

  • Dietas líquidas, que focam na substituição de uma ou mais refeições por shakes ou sopas de legumes.
  • Dietas de proteínas, limitadas ao consumo de carnes e pouquíssimo ou nenhum carboidrato.
  • Dietas hipocalóricas, capazes de reduzir pela metade a quantidade de calorias consumidas diariamente.

As mais famosas dietas líquidas são os shakes com sabores de frutas e artificialmente adoçadas. a proposta dessa dieta com muito baixas calorias é eliminar uma refeição, trocando-a por um copo generoso da bebida, que geralmente é dissolvida em água ou suco de frutas.

Geralmente compostas por vitaminas, sais minerais e macronutrientes sintéticos, são pobres em fibras e podem causar desconforto intestinal em quem tem propensão.

carregando…

As dietas cetônicas ou dietas de proteína forçam o metabolismo a queimar os estoques de gordura armazenados na pele através da cetose.

A perda de peso costuma ser veloz, contudo o retorno ao peso antigo também é rápido se não houver cuidados com o efeito sanfona.

Outro problema encontrado principalmente na dieta Atkins é o consumo sem limites de gorduras saturadas, responsáveis por problemas cardiovasculares.

Já a dieta hipocalórica elimina de forma compulsória diversas fontes de calorias, especialmente as oriundas de carboidratos simples, açúcares e gorduras.

Uma das mais usadas é a dieta volumétrica. O cuidado com os ataques de ansiedade são redobrados nas dietas com baixas calorias.

Essas e muitas outras dietas com muito baixas calorias não devem ser feitas indiscriminadamente. Elas precisam ter prazos determinados de início e fim para que o corpo não sofra com a falta excessiva de diversos nutrientes essenciais à vida e não podem ser feitas sem acompanhamento médico. Seja a principal responsável pela sua saúde e procure sempre auxílio profissional.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!