Dietas de Emergência

O objetivo de qualquer dietas de emergência é eliminar aquelas gordurinhas escondidas no culote ou sob a calça jeans. Não as utilize como método de emagrecimento contínuo, e sempre mantenha seu médico a par de seu progresso.

29 de outubro de 2014 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


Se você precisa secar alguns quilos para caber naquele lindo biquíni em um pequeno prazo – afinal, o verão não perdoa os “excessos laterais” – não há outra maneira a não ser apelar para as Dietas de Emergência.

Existem diversas dietas vapt-vupt disponíveis em revistas e na rede mundial de computadores, por isso escolhi as Dietas de Emergência mais seguras e de certa forma fáceis  para você perder de 2 ou 3 quilos em no máximo 10 dias. Mas tome cuidado e invista na reeducação alimentar a longo prazo para que as Dietas de Emergência não se tornem carruagens que viram abóbora à meia noite.


Dieta de emergência 1 – Perca 2 kg em 4 dias

Esta dieta de emergência é líquida e baseada em sucos e sopas com muitas frutas, verduras e legumes. Rica em antioxidantes e fibras, esta dieta também é desintoxicante. Como o valor calórico é baixo, faça esta dieta de emergência apenas por quatro dias e não abuse dos exercícios.

  • Café da manhã: suco feito com um limão, suco de duas laranjas, uma cenoura, uma maçã, um pedaço de gengibre, uma colher de linhaça e muito gelo. Bata tudo no liquidificador. Beba isso comendo duas castanhas-do-pará.
  • Lanche da manhã: meio mamão papaia com linhaça ou quinoa.
  • Almoço: salada de folhas verdes variadas e á vontade com um pouco de palmito, temperado com azeite.
  • Lanche da tarde: suco de abacaxi com hortelã mais duas nozes.
  • Jantar: sopa de tomate.


carregando…

Dieta de emergência 2 – Perca 3 kg em 10 dias

Esta dieta é rica em fibras e por isso tem baixo índice glicêmico, ou seja, os níveis de açúcar em sua corrente sanguínea não irão para a Lua. Para alcançar os resultados, alie a dieta com atividades físicas e não ultrapasse o prazo limite de dez dias.

  • Café da manhã: uma maçã, um copo de café com leite, uma fatia de pão integral com queijo light de sua preferência.
  • Almoço: uma colher de sopa de arroz integral, uma colher de sopa de feijão, um filé de frango ou peixe (sem pele, claro), um ovo cozido e vegetais à vontade – prefira comê-los crus.
  • Lanche da tarde: quatro nozes ou castanhas de caju, ricas em ômega 3 e selênio.
  • Jantar: um prato de sopa de ervilhas. Se preferir, troque por lentilhas, soja ou feijão branco).

Não se esqueça: são dietas de emergência. O objetivo delas é dar um choque hipocalórico no organismo para que ele perca peso e medidas em um pequeno prazo e por isso não pode ser seguido por muito tempo além do recomendado. Seja responsável para ser linda e magra!

Compartilhe

Conteúdo popular em sua região:

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!