Emagrecer com Byetta

Byetta é indicado para o tratamento dai diabetes tipo 2, e não pode ser usado sem a devida prescrição médica. Descubra o porquê lendo esse texto.

17 de novembro de 2013 • Por Mariana, em Destaques, Medicamentos


Os estudos que comprovaram a ligação entre obesidade e diabetes incrementaram as pesquisas que se esmeram em descobrir novos fármacos que combatam o diabetes e que possa ser, na pior das hipóteses, um bom coadjuvante para o tratamento do excesso de peso.

Um dos maiores laboratórios farmacêuticos estadunidenses desenvolveu o princípio ativo exenatida, base do remédio contra diabetes chamado Byetta.

As pesquisas sobre o remédio, feitas desde 2008, dão conta que além da eficiência no combate ao diabetes tipo 2, é possível emagrecer com Byetta.

Ação do Byetta no organismo

O Byetta é a forma sintética da substância exenatida, encontrada na saliva de um lagarto venenoso chamado Monstro de Gila.

O Byetta mostrou-se muito eficaz imitando e potencializando o hormônio digestivo humano, o GLP1, no intestino delgado. Veja como esse hormônio combate o diabetes e por tabela faz o corpo emagrecer com Byetta:

carregando…

  • O GLP1 faz com que a insulina seja melhor aproveitada, consumindo melhor a glicose (o famoso nível de açúcar no sangue).
  • O Byetta, ao produzir o GLP sintético a partir da presença de alimentos e quando os níveis de açúcar estão muito altos, faz com que o metabolismo turbine a ação da insulina.
  • Essa ação inteligente o Byetta – agir somente quando necessário – faz com que o diabético não tenha acessos de hipoglicemia (taxas muito baixas de açúcar no sangue), tão perigosas quanto o diabetes.
  • A ação do GLP1 não se restringe apenas ao trato com a insulina. Como há uma melhora na digestão como um todo, o estômago esvazia-se mais lentamente e a sensação de saciedade vem mais rapidamente e tem maior duração, já que a liberação do açúcar proveniente dos alimentos é feita mais devagar.

Uso do Byetta para emagrecer

De acordo com a bula aprovada pela FDA, o Byetta é indicado apenas para tratamento do diabetes do tipo 2. Isso significa que emagrecer com Byetta pode ser considerado um “efeito colateral”.

De acordo com estudos, 90 por cento das pessoas que sofrem com o diabetes tipo 2 é obesa, e isso faz do uso do Byetta um poderoso coadjuvante do combate à obesidade.

Por isso, tentar emagrecer com Byetta não sendo portador de diabetes tipo 2 não é recomendado por nenhum médico sério. Embora a perda de peso ocasionada pelo uso do Byetta em conjunto com a dieta prescrita pelo médico mais a inclusão de atividade física seja significativa – cerca de 6 quilos em 20 semanas de uso em média, com picos de perda de até 12 quilos – , as restrições ao uso do fármaco também precisam ser observadas. A principal é o veto ao uso do Byetta em pacientes com insuficiência renal.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!