Emagrecer com Sonda

Por que existem pessoas que cogitam suar uma sonda nasal como alternativa para eliminar peso? Existe segurança nesse método?

14 de outubro de 2013 • Por Mariana, em Comportamento, Dicas e Dietas


A quantidade de dietas milagrosas que são criadas é enorme. A novidade é a criação de um novo tipo de dieta milagrosa: a que tem um suposto respaldo médico. Uma reportagem do jornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo, acendeu o sinal de alerta sobre uma nova modalidade de perda de peso radical criada por médicos na Flórida: emagrecer com sonda.

O método chamado pela sigla K-E tem sido usada por noivas desesperadas em perder peso. Mas emagrecer com sonda tem um preço monetário e pessoal e muitos riscos.


As bases da dieta K-E, ou dieta da sonda

O método para emagrecer com sonda foi criado por um médico da Flórida chamado Oliver R. Di Pietro e é aplicado apenas na cidade. Veja como funciona.

  • A sigla K-E, em Inglês, resume o complicado termo Ketogenic Enteral Nutrition, ou Nutrição Cetogênica Enteral.
  • A dieta é cetogênica porque é baseada no alto consumo de proteínas e lipídios, o que força o corpo a usar mais as reservas de gordura graças à ausência ou escassez de carboidratos.
  • A dieta é enteral porque a pessoa alimenta-se através de uma sonda nasogástrica. Isso mesmo: após uma sessão de anestesia local, insere-se uma sonda pelo nariz que chegará até o estômago.
  • Através dessa sonda e de um aparelho que será levado por dez dias acondicionada em uma bolsa, a pessoa irá se alimentar exclusivamente de uma mistura lipoproteica (uma papa líquida feita com gordura e proteína) desenvolvida pelo médico e que fornecerá apenas 800 kcal por dia, durante os dez dias que duram essa dieta.

 


carregando…

Vantagens e desvantagens em emagrecer com sonda

A única “vantagem”, e ainda assim passageira, é a perda de peso graças à dieta hipocalórica. No mais… bem, acompanhe.

  • A eliminação rápida de peso não dura, pois o organismo irá querer repor os nutrientes que faltaram durante a dieta da sonda de forma rápida e voraz, pois a perda de peso não muda o metabolismo.
  • Problemas gástricos são inevitáveis, como prisão de ventre, úlceras e gastrites. A dieta cetônica forçada também causa mau hálito.
  • A dieta restritiva faz com que os níveis de potássio e sódio diminuam drasticamente, predispondo a pessoa a ter problemas no coração e na circulação sanguínea.
  • Os rins também sofrem com a alimentação com sonda. Problemas como cálculos renais e dificuldades funcionais podem acontecer graças à baixa taxa de potássio e à produção da cetona comum em dietas ricas em gorduras e proteínas.

Emagrecer com sonda apenas parece ser uma maneira fácil de perder peso. Embora tenha sido criada por um médico e tenha recebido a adesão de muitas mulheres afoitas em entrar no vestido de noiva, essa dieta é restritiva ao extremo.

Ela utiliza-se de métodos de alimentação enteral que só devem ser usadas em casos extremos e em ambientes hospitalares. Nenhuma dieta que violente tanto o corpo pode ser considerada como alternativa para emagrecer.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!