Emagrecer com spinning

O spinning, treino feito com bicicletas ergométricas especiais, é reconhecidamente um aniquilador de calorias. Saiba como praticá-lo de forma eficaz e segura.

03 de junho de 2014 • Por Mariana, em Destaques, Dicas e Dietas


Não adianta escapar. Para que uma dieta seja eficaz, é preciso que ela seja feita em conjunto com uma atividade física. E o spinning é um dos exercícios que mais ajudam a eliminar calorias.

Usando uma bicicleta ergométrica especialmente preparada, o spinning é uma das atividades mais procuradas por quem deseja fazer com que os quilos a mais despareçam. Mas antes de se aventurar, conheça um pouco mais.

Spinning-11

O começo do spinning

Embora as bicicletas ergométricas existam desde o século XIX, o spinning foi desenvolvido pelo ciclista Johnathan Goldberg nos Estados Unidos em 1995. Ele desenvolveu uma bicicleta estacionária que permite mudanças de carga e velocidade apenas mudando a posição de banco e guidom.

A facilidade na execução dos movimentos e a brutal queima calórica fizeram do spinning uma “joia da coroa” de diversas academias. Os treinos com a bike indoor estão entre os mais requisitados nas academias.

Adequando a bike de spinning ao seu corpo

O spinning precisa ser feito de forma correta e responsável, pois são tristemente comuns as lesões quando a bicicleta não está ajustada ao biotipo de quem deseja praticar o ciclismo indoor. Eis as principais recomendações inciais.

  • O banco da bike precisa estar na altura correta. Antes de sentar, verifique se o assento fica na altura do osso do quadril, chamado de crista ilíaca, quando você ficar em pé ao lado da bicicleta.
  • A distância entre o banco e o guidom também deve ser ajustada. Ela deve ser a medida do antebraço, tendo como fim a mão fechada.
  • O guidom deve ficar mais alto do que o banco, para melhor ergonomia.
  • Cuidado com o calçado usado no spinning. Evite usar tênis com cadarços.

Spinning é chamado de detonador de calorias

E não à toa. Uma hora de spinning pode queimar até 570 calorias, graças principalmente às intensas variações durante o treino.

Simulações de subidas em taludes, pedaladas intensas como os famosos sprints dos ciclistas profissionais, subir e descer do banco para forçar os músculos. O spinning faz um trabalho de remodelação física como poucos exercícios fazem. Acompanhe.

  • O spinning melhora o condicionamento físico e a circulação sanguínea.
  • Coxas, glúteos e abdome são exigidos com vigor, deixando os músculos rijos e com baixas taxas de gordura.
  • O trabalho aeróbico é intenso, causando eliminação de peso de forma consistente.

spinning_room

carregando…

Cuidados ao praticar o spinning

Primeiro e mais importante, faça uma análise de condicionamento físico para verificar em que grau  de intensidade você deve começar a praticar bike indoor.

O banco das bicicletas ergométricas costuma ser duro e torna-se desconfortável com o passar dos minutos do treino. Use bermudas acolchoadas, encontradas em lojas esportivas, ou adquira um banco de gel.

Nunca comece ou termine o spinning sem se alongar. Os músculos precisam se adequar à carga no início e ser relaxados aos poucos no fim.

Mantenha o corpo sempre hidratado, mantendo água sempre ao alcance das mãos.

É recomendável usar um monitor de frequência cardíaca para que o treino seja realmente eficaz em queimar as calorias que você tanto deseja. A aferição dos batimentos cardíacos é essencial para que o personal trainer saiba se o ritmo está adequado.

Só pratique spinning em academias idôneas e com acompanhamento profissional.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!