Emagrecer cuidando da flora intestinal

Tão importante quando fazer exercícios, cuidar da flora intestinal pode nos ajudar a perder peso de forma saudável e segura.

Pesquisas recentes reforçaram a importância da manutenção da flora intestinal saudável no emagrecimento, mas isso tem gerado confusão entre as pessoas, que consideram a regularidade da evacuação como sinônimo de sistema digestivo salutar.

Sim, é importante que consigamos eliminar toxinas e impurezas através das fezes; contudo, manter o chamado microbioma intestinal é fundamental para o perfeito funcionamento de nosso metabolismo.

O que é o microbioma intestinal? O que ele faz?

É o conjunto de bactérias que vive nos intestinos, e que é responsável por tarefas nobres como controlar os níveis de colesterol e açúcar a serem digeridos e transferidos para a corrente sanguínea, manter o sistema imunológico forte e ativo contra agentes patógenos e até mesmo influenciar os neurotransmissores que influenciam nosso humor e prazer, entre outras funções.

E quanto à evacuação de fezes?

Eis ai o principal gargalo de equívocos referentes ao bem estar da flora intestinal. Sim, quando o microbioma está regulado, as fezes são eliminadas sem transtornos. Contudo, forçar o intestino a evacuar com o uso contínuo de laxantes pode causar sérios danos.

Quando se usa laxativos de forma constante, os movimentos peristálticos (movimentos involuntários) do intestino diminuem, dando brecha para a entrada de bactérias e mesmo a incidência de câncer.

Como cuidar da flora intestinal?

Um dos primeiros passos é diminuir o consumo de alimentos processados e aumentar o consumo de comidas ricas em fibras, como frutas, verduras, legumes e grãos integrais. Beber água é fundamental; a hidratação ajuda a flora intestinal a trabalhar melhor.

Evite ao máximo tomar remédios anti-inflamatórios e antibióticos. Só os tome sob prescrição médica e quando houver necessidade, pois eles têm a capacidade de eliminar o microbioma intestinal quase que totalmente. Só para reforçar sua importância, temos cerca de 100 TRILHÕES de bactérias responsáveis pela flora intestinal.

É possível ajudar a flora intestinal a se manter saudável?

Sim. Além de ingerir mais fibras alimentares, existem substâncias que conseguem sobreviver aos ácidos estomacais e fazer parte do microbioma. São os chamados prebióticos e probióticos.

As mais conhecidas fontes de prebióticos são os já citados alimentos ricos em fibras, cebola, alho, grãos integrais e mel. Já os probióticos são encontrados em iogurtes e leites fermentados. Uma das melhores fontes de probióticos é o leite fermentado chamado kefir.

Considerações finais

Manter a flora intestinal funcional e saudável é um dos requisitos básicos de quem manter o peso em níveis aceitáveis. Contudo, manter uma rotina ativa, longe do sedentarismo e alimentar-se de forma adequada, seguindo recomendações nutricionais profissionais também é preciso. Consulte seu médico, sempre.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.88
Total de Votos: 8

Emagrecer cuidando da flora intestinal

Comente