Emagrecimento Vegano

A eficiência do emagrecimento vegano foi comprovada, mas ela é 100 por cento segura?

Promover o emagrecimento vegano é, segundo diversos estudos capitaneados mundo afora, muito mais eficiente do que quaisquer dietas em voga.

Os números da perda de peso são bastante significativos, mas é preciso saber como fazer corretamente a dieta vegana sem prejuízo à saúde. Em primeiro lugar, é preciso saber o que é o regime vegano.

Emagrecimento vegano e sua filosofia

Quem decide aderir à dieta vegana deve eliminar toda e qualquer fonte de alimento de origem animal. Sim, veganos puros são radicais.

vegano

Alimentos como leite e derivados, gelatinas, mel, ovos, pele e gorduras de origem animal são excluídos do cardápio.

O vegano consome frutas, legumes, cereais, vegetais, cogumelos, hortaliças e produtos industrializados que não tenham alimentos de origem animal.

A perda de peso no regime vegano

Um hospital de Taiwan pesquisou uma gama de 1151 voluntários que se submeteram ao emagrecimento vegano e outras dietas famosas, como a Atkins, entre 9 e 74 semanas.

A perda de peso de quem seguiu o cardápio vegano foi cerca de 2,5 quilos. Vegetarianos que consumiram laticínios e ovos perderam em média um quilo.

Os principais motivos para o sucesso do regime vegano são a inclusão de fibras, que aumentam a saciedade e o baixo índice glicêmico, que não aumenta os níveis de açúcar no sangue.

Os problemas do emagrecimento vegano

Contudo, é preciso que haja um monitoramento nutricional da dieta vegana graças principalmente à pobreza de nutrientes essenciais como proteínas e gorduras saudáveis.

As deficiências nutricionais são muito comuns em quem segue o cardápio vegano, como o baixo nível de ferro, zinco, cálcio e as vitaminas B12 e D.

comida-vegetariana

Além de saber como se alimentar e como adequar o cardápio de forma saudável, é preciso tomar cuidado com as atividades físicas, graças à deficiência de macro e micronutrientes que podem causar anemia e desgaste muscular.

O ideal é incluir alimentos veganos que possuam maior aporte de proteínas e gorduras insaturadas. Cereais integrais, principalmente a aveia, grãos como o amaranto e a quinoa, leguminosas e sementes oleaginosas e o uso moderado do azeite de oliva devem fazer parte do cardápio, além dos inevitáveis suplementos vitamínicos.

O principal alerta é o que sempre damos: jamais comece qualquer dieta sem prescrição e acompanhamento de nutricionista e nutrólogo.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.33
Total de Votos: 9

Emagrecimento Vegano

Comente