Frutas cítricas na dieta

Conheça o poder das frutas cítricas em uma dieta balanceada e saiba como aproveitar todos os seus benefícios.

19 de maio de 2015 • Por Mariana, em Dicas e Dietas


A inclusão de frutas na dieta é recomendada por qualquer nutricionista. Os benefícios do consumo delas são vários, tão variados quanto os diversos frutos existentes.

Dentre elas, as que mais são recomendados para auxílio em dietas cujo objetivo é emagrecer são as frutas cítricas. Suas propriedades são exaustivamente estudadas e comprovadas, além de serem facilmente encontradas em países tropicais.

Eis os principais motivos para incluir frutas cítricas na dieta.

frutas-citricas_dest

 


A famosa vitamina C

Dentre as diversas vitaminas presentes nas frutas cítricas, destaca-se a vitamina C, ou ácido ascórbico. Presente em maior ou menor número em frutas como laranja, limão, acerola e caju, a vitamina C desempenha importantes funções metabólicas:

  • Ajuda a síntese de cálcio, fortalecendo assim ossos e dentes;
  • É um dos mais poderosos antioxidantes, prevenindo o envelhecimento e mantendo o sistema circulatório livre de coágulos e acúmulo de gordura nas paredes arteriais;
  • Potencializa o sistema imunológico, mantendo o organismo saudável e capaz de combater doenças;
  • Pesquisas recentes afirmam que o ácido ascórbico possui respeitável poder contra as células cancerígenas graças à sua atuação no fortalecimento dos leucócitos, as populares células brancas do sangue que produzem anticorpos naturais contra diversas doenças.


Fibras solúveis

Todos sabem da importância que as fibras alimentares têm na alimentação humana, principalmente para quem quer manter o corpo livre de depósitos indesejáveis de gordura.

Pois diversas frutas cítricas são fontes fartas e seguras de uma fibra chamada pectina, que causa sensação de saciedade por transformar-se em gel em contato com a água. O bagaço da laranja é uma das mais ricas fontes naturais de pectina.

O papel das fibras na digestão humana é altamente relevante. Como elas não são absorvidas pelo organismo, elas viram alimento para a flora intestinal, que trabalham com maior eficiência a ajudam o sistema imunológico a ficar mais poderoso.

O chamado esvaziamento gástrico diminui seu volume graças ao consumo das fibras, mantendo a pessoa mais saciada por mais tempo.

carregando…


Frutas cítricas no combate à gordura

Graças à sua característica antioxidante, a vitamina C ajuda a expurgar as principais fontes de radicais livres (conhecidos por provocar o envelhecimento celular). Por isso, o ácido ascórbico age como um absorvente de gorduras, fazendo com que o excesso seja eliminado ao invés de ser armazenado.

O maracujá, a acerola e a laranja com bagaço são verdadeiras “esponjas” que sugam a gordura ainda no trato intestinal.


Outras propriedades

Embora em pequena quantidade, as frutas cítricas fornecem betacaroteno, corante natural que ajuda na síntese de vitamina A, importante para a pele e olhos.

As frutas cítricas são encontradas durante o ano todo e costumam ser muito baratas nas épocas em que elas frutificam, por isso é fácil montar um cardápio que as inclua.

Quando evitar o consumo de frutas cítricas

Por mais que o senso comum diga que “o que vem da natureza não faz mal”, há que se observar casos pontuais de intolerância e alergias. Deve-se evitar o consumo de frutas cítricas nos seguintes casos:

  • Sensibilidade nos dentes;
  • Pessoas que sofram de refluxo gástrico;
  • Quem tem quadros constantes de azia;
  • Quem sofre enxaqueca.

Existem diversos suplementos vitamínicos que prometem suprir as necessidades alimentares do metabolismo, mas o consumo regular de frutas cítricas provém, de forma mais econômica e saborosa, as eventuais carências de vitaminas e fibras em uma dieta.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!