Grupos de nutrientes

O equilíbrio entre os principais nutrientes é o segredo de qualquer dieta de sucesso. Saiba quais são os principais nutrientes e suas principais funções no metabolismo.

21 de março de 2015 • Por Mariana, em Alimentos, Dicas e Dietas


Profissionais de saúde que lidam com a obesidade são unânimes: para emagrecer é preciso equilíbrio entre o que se come e o que se gasta.

Jejuns e dietas restritivas malucas são insalubres porque privam o organismo de nutrientes, necessários para a manutenção metabólica de seres vivos que não fazem fotossíntese (como diria um sábio professor, “quem vive de luz é planta”).

Quando sabemos o papel dos grupos de nutrientes na manutenção não só da dieta, mas da vida, somos capazes de dar maior importância ao que nos alimenta e à quantidade do que se come.

Veja a lista de nutrientes e uma explicação simplificada de sua ação no metabolismo.


Grupo de macronutrientes

São nutrientes estruturais responsáveis pela construção de órgãos, ossos e tecidos e fornecimento de energia, todos com valores calóricos.

carregando…

  • Carboidratos – são os nutrientes encontrados em maior número na alimentação, encontrados em alimentos como o leite, tubérculos em geral, açúcares de todas as procedências (de cana-de-açúcar, de beterraba) e massas. Fornecem o grosso da energia gasta pelo organismo e são responsáveis pela integridade celular do organismo como um todo.
  • Proteínas – nutrientes compostos de aminoácidos, são encontrados na carne, no leite, nos ovos e em leguminosas. São vitais para a manutenção dos hormônios reguladores, das enzimas que quebram os alimentos, dos músculos e ossos, além de serem fontes de energia assim como os carboidratos, embora sem a mesma eficiência.
  • Gorduras – são compostos de glicerol e ácidos graxos cujas fontes são animais (carne e ovos, por exemplo) e vegetais (soja e canola). São nutrientes estruturais, responsáveis pela integridade de diversos hormônios e células, responsáveis pelo armazenamento de energia e proteção adiposa contra as intempéries, principalmente o frio.


Grupo de micronutrientes

Esses nutrientes são absolutamente necessários para que o metabolismo consiga utilizar corretamente os macronutrientes. Eles não possuem valor calórico.

  • Vitaminas – são nutrientes que não são secretados pelo organismo e essenciais para que certas reações hormonais e enzimáticas aconteçam. As vitaminas também possuem função antioxidante e depurativa e são divididas em hidrossolúveis (solúveis em água) e lipossolúveis (solúveis em gorduras).As fontes naturais são frutas, legumes, verduras, cereais e carnes.
  • Sais minerais – não são produzidos por seres vivos e são adquiridos pelo organismo exclusivamente pela alimentação, Possuem funções importantes no controle da circulação sanguínea, nas sinapses neuronais do sistema nervoso, no equilíbrio do sistema digestivo e dos músculos. Cálcio, potássio, magnésio, fósforo, ferro, cobre, iodo, zinco, manganês, molibdênio e muitos outros sais minerais precisam ser bem dosados em uma alimentação saudável.
  • Fibras – presentes em cereais, vegetais e tubérculos, não possui, a princípio, valor energético por não ser absorvido pelo corpo humano. Contudo, a  flora intestinal utiliza-se das fibras para se alimentar e se reproduzir. Sabe-se que a manutenção da flora intestinal é de extrema importância para o sistema imunológico e melhor digestibilidade.
  • Água – o solvente universal não é fisiologicamente considerado um nutriente, porém ele é responsável pela dissolução da maioria dos nutrientes listados acima, além de vital para a manutenção do citoplasma celular.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!