Mantenha o metabolismo pronto para emagrecer sempre

Quem já culpou o metabolismo pelo fracasso dos regimes feitos? Saiba que o metabolismo é o que fazemos dele. Treinar a maneira com que nos relacionamos com nosso organismo é crucial para que façamos as pazes com nosso peso.

23 de agosto de 2013 • Por Mariana, em Comportamento, Destaques, Dicas e Dietas


Como já dissemos anteriormente, emagrecer não é um ato milagroso; perder peso depende de uma ferrenha força de vontade e de estímulos físicos e alimentares. Para que qualquer dieta ou atividade deem resultado, o metabolismo precisa ser estimulado.

O grande problema é a inevitável passagem do tempo.Quanto mais envelhecemos, mais o metabolismo desacelera. E isso é uma tendência natural; o corpo perde 50 por cento da musculatura entre os 20 e 90 anos de acordo com estudos de fisiologistas.

efeito-sanfona

Isso não significa que devemos ficar parados esperando o fim inevitável. Praticando as atividades físicas corretas e adequadas às faixas etárias é possível manter o metabolismo em plena atividade. Uma série de atividades aeróbicas (que ajudam a reforçar o condicionamento pulmonar) e anaeróbicos (que reforçam a musculatura) praticadas com frequência  e com acompanhamento médico (nenhuma atividade física constante deve ser feita sem acompanhamento!) mantém o nível de massa magra num bom patamar. Vamos dar alguns exemplos do que pode ser feito de efetivo para cada faixa etária.

Entre os 20 e 30 anos: é o período da vida em que tudo funciona como um relógio suíço. Manter um corpo definido é de certa forma fácil graças à rapidez com que o corpo responde aos exercícios. Por isso a recomendação é intensificar os exercícios para que o organismo acostume-se com o movimento e “vicie-se” em endorfina. Dica: concentre-se em exercícios aeróbicos (corrida e ciclismo, por exemplo), de 40 a 60 minutos diários, sem deixar de tonificar os músculos com um pouco de musculação.

Entre 30 e 40 anos: o início do declínio metabólico. Se não houver cuidado, é muito fácil acumular gordura; bastam alguns momentos sedentários aliados a uma dieta inadequada.  É hora de intensificar a musculação, fazendo um mínimo de três sessões semanais, alternando com uma atividade aeróbica,

carregando…

Entre 40 e 50 anos: queima-se poucas calorias e ganha-se mais peso; agora a luta é contra os efeitos inexoráveis da idade. Para que o corpo possa perder as calorias necessárias em um misto de exercício aeróbico com musculação, uma única palavra: Pilates. O método criado pelo alemão Joseph Pilates é uma junção de alongamento e exercícios ideal para deixar os músculos tonificados, além de melhorar a postura, o equilíbrio e a coordenação motora, já que o peso do próprio corpo é usado como alavanca.

 

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!