Motivação para emagrecer

Boa parte do sucesso de uma dieta e dos novos hábitos incluídos nela vem da motivação pessoal para eliminar peso. Qual deve ser a sua razão para emagrecer?

18 de maio de 2014 • Por Mariana, em Comportamento


Talvez a pergunta que não seja feita claramente por quem deseja emagrecer seja a questão mais pertinente entre as várias que se faz antes de iniciar qualquer dieta ou exercício: por que queremos emagrecer?

Debaixo de toda a contagem de calorias e movimentos aeróbicos há uma motivação para emagrecer que nem sempre fica sob os holofotes, e às vezes não saber quais são os motivos podem resultar no insucesso da dieta ou em infelicidade na busca pelos resultados.

As respostam variam de indivíduo para indivíduo e elas não são fáceis de dizer a princípio pois é necessária uma dose de autoconhecimento para que se possa embarcar na nave da perda de peso sem que se fique à deriva.

Qual a sua motivação para emagrecer?

“Preciso perder peso por razões médicas” – Existem casos em que o emagrecimento é compulsório graças ao histórico clínico de uma pessoa. O surgimento do diabetes, os problemas coronários e circulatórios, as dificuldades de locomoção.

Se sua motivação para emagrecer reside na sua saúde e bem estar, é preciso fazer isso tendo em mente que haverá sérias restrições alimentares e que episódios de inquietação e ansiedade poderão causar recaídas e tristeza.

Munir-se da força de vontade inerente a todo o ser humano, com ajuda profissional ou não, é o primeiro passo.

Livrar-se de vícios alimentares e de compensação de sentimentos negativos comendo também fazem parte do caminho, que não é fácil, mas é só aprender a ser responsável pelas decisões tomadas.

“Quero emagrecer para ficar gostosa” – Já quando a questão é puramente estética, é preciso ver até onde a motivação para emagrecer vem de sua própria vontade ou da imposição de um grupo de pessoas ou da mídia.

carregando…

Ser magra apenas para obedecer a padrões de beleza e estéticos vigentes não é um caminho seguro, pois a cobrança é contínua e por vezes, cruel.

As emoções conflitantes entre o que você gosta e o que os outros querem para você pode, em determinado momento, dar um “nó psíquico” que pode se transformar em um transtorno alimentar.

Qual deve ser minha motivação para emagrecer?

Não é uma pergunta fácil de ser respondida com alguma frase bonita ou um enunciado definitivo, pois a motivação para emagrecer precisa ser SUA.

E quando digo “sua”, me refiro à posse do sentimento; a motivação precisa ser fruto das soluções encontradas para o seu problema; ela deve pesar sua capacidade em enfrentar neuroses, medos e em saber determinar quais comportamentos são adequados para o SEU emagrecimento.

A motivação para emagrecer precisa ser alicerçada em suas reais necessidades e na manutenção das novas diretrizes.

Quem se motiva, muda. E para mudar é preciso saber o que e como mudar.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!