O que é melhor: exercício de manhã ou à noite?

O horário no qual o exercício é feito pode influenciar o emagrecimento ou a manutenção de peso. Descubra como.

06 de março de 2015 • Por Mariana, em Comportamento, Dicas e Dietas


A prática de exercício feita com responsabilidade é a maneira mais segura para emagrecer e manter o peso ideal, desde que aliada com hábitos alimentares saudáveis (sim, ambas as atitudes  – alimentação equilibrada e atividades físicas –  são indissociáveis).

Contudo, uma dúvida recorrente tanto a neófitos quanto aos praticantes ativos de quaisquer exercícios é saber qual o melhor horário para praticá-los.

corrida-escada-exercicio-fitness-discovery-esportes-thumb-313x280


O seu ritmo e o relógio biológico

Uma das coisas que irá influenciar a eficácia do exercício é algo tão pessoal quanto seu gosto por determinados sabores: o ritmo circadiano, que nada mais é do que o popular relógio biológico.

O ritmo circadiano determina o ciclo de despertar, se movimentar e dormir de cada pessoa baseado principalmente na presença da luz do dia e da escuridão, mas não limitado a esses fatores.

Tendo esse fundamento, foi possível traçar os prós e contras de se praticar atividades físicas durante o dia e a noite.


Durante a manhã

A principal vantagem do exercício feito nas primeiras horas do dia é a inclusão de hormônios ligados ao bem estar. Quando nos movimentamos, o corpo injeta na corrente sanguínea endorfina, dopamina, serotonina e demais substâncias que causam prazer e bom humor.

Quem inicia as atividades físicas de manhã tem mais facilidade em manter uma rotina constante de movimentação. Contudo, o corpo ainda frio e não devidamente alongado pode causar lesões musculares e cãibras.

carregando…


À tarde e durante a noite

Já quando a tarde anuncia a noite, o exercício ganha maior possibilidade de agilidade e eficiência, já que o corpo está devidamente aquecido e pronto para suportar um ritmo mais forte.

O efeito dos hormônios e neurotransmissores é ligeiramente diferente; se ao amanhecer eles animam e causam prazer e até mesmo euforia, durante o período noturno eles podem causar relaxamento ao fim de uma série de exercícios.

Mas quem tem problemas de sono deve evitar atividades físicas à noite, principalmente se realizados após às 21 horas. A adrenalina pode causar episódios insones frequentes, o que leva à fadiga no dia seguinte.


Como saber qual a melhor hora para você

Evidentemente, são necessárias análises clínicas e físicas criteriosas para descobrir como o seu relógio biológico funciona, mas algumas pequenas dicas para melhorar o desempenho dos exercícios podem ser seguidas.

  • Cuide bem das noites de sono. Como já foi dito aqui anteriormente, o repouso noturno é um dos principais aliados do emagrecimento e uma noite bem dormida é fator crucial para uma boa performance.
  • Uma indicação comum entre treinadores profissionais é praticar o exercício longe dos horários das refeições. A queima calórica é maior.
  • Independentemente do tipo de exercício praticado (uma caminhada, andar de bicicleta, correr), o importante é evitar o sedentarismo, não importa o horário em que se faça a atividade física.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!