O que é um Nutricionista Funcional

Um nutricionista funcional investiga muito mais do que as calorias do que comemos. Descubra mais sobre isso.

04 de setembro de 2015 • Por Mariana, em Comportamento, Dicas e Dietas


Um nutricionista funcional é um pós-graduando em Nutrição que interage com pacientes e seus alimentos de forma individualizada.

Os objetivos primordiais da nutrição funcional são conhecer, prevenir e tratar desequilíbrios e doenças trazidos pela comida, ou pelo consumo inadequado de certos alimentos.


Princípios básicos de um nutricionista funcional

Um nutricionista funcional encara o emagrecimento como consequência de um bem maior e mais abrangente. O primeiro passo é conhecer a chamada individualidade genética do paciente.

i

Apesar no nome pomposo, isso nada mais é do que manter o foco nas necessidades nutricionais de cada pessoa, dependendo de suas reações alérgicas, emocionais, sanguíneas e metabólicas, entre outras, com o que ela come.

A interação entre o alimento e o que o organismo de cada um faz com ele é o principal foco do nutricionista funcional. O principal ponto é uma das poucas verdades universais: cada ser humano é único. Não existe uma dieta universal adequada a todos.

(Não nos custa alertar: o texto desse blog é uma simplificação para fins de entendimento)


carregando…

Princípios básicos do nutricionista funcional

  • Individualidade bioquímica – É a análise física, química, sensorial e até mesmo emocional dos alimentos com a genética de cada indivíduo e o modo com que o meio ambiente interage com os genes.
    Saber como o metabolismo de cada um reage com certos nutrientes é fundamental para a elaboração de uma estratégia nutricional adequada.
  • Tratamento focado no paciente – Resumindo em uma frase que considerei perfeita, o mais importante é saber que paciente tem a doença e não que doença o paciente tem. Nesse tópico, investiga-se hábitos do paciente e sua relação com fatores externos e emocionais.
  • Equilíbrio e disponibilidade nutricionais – Não basta saber quais são as eventuais carências nutricionais. Um nutricionista funcional investiga a quantidade adequada de nutrientes específica para cada pessoa.
  • Relações internas de nossa fisiologia – Essa é a parte onde a nutrição funcional age sobre as causas das doenças e não apenas sobre seus sintomas. Isso é feito através de uma pesquisa sobre os processos bioquímicos (as ações do nosso metabolismo) para que se possa saber a relação entre desequilíbrios hormonais e nutricionais de forma ampla e individualizada.
  • Saúde como sinônimo de vitalidade, e não ausência de doenças – O nutricionista funcional quer, em suma, que o corpo saiba reagir de forma adequada ao desenvolvimento de vetores patológicos inevitáveis no dia a dia, nutrindo corretamente os genes de cada pessoa.


O nutricionista funcional pode ajudar a emagrecer?

Numa resposta simplista, sim. Como já foi dito, o principal objetivo da nutrição funcional é desenvolver o equilíbrio bioquímico (metabólico) para que as doenças sejam eliminadas em seu cerne.

Como a obesidade é, em suma, uma inflamação e por isso mesmo considerada uma doença, a perda de peso é uma consequência natural tanto do tratamento nutricional quanto das mudanças de estilo de vida que serão propostos durante o tratamento.

Se houver um nutricionista funcional em sua cidade, agende uma consulta e tire todas as suas dúvidas.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!