Os inimigos da dieta

Os mais insidiosos inimigos da dieta moram em comportamentos sociais. Saiba quais são eles.

21 de março de 2017 • Por Mariana, em Alimentos, Comportamento


Todas as dietas tem um início (seja ela na fatídica segunda-feira ou não) e vários finais. O término de muitas delas acontecem geralmente por conta de certos sabotadores, que podem ser considerados inimigos.

Esses inimigos estão longe de estar apenas nos cardápios; os antagonistas geralmente são comportamentais e por isso mais difíceis de combater. Difíceis, mas não invencíveis.

 


As tentações ao regime

Quem quantificou esses inimigos foram pesquisadores da prestigiada Universidade de Birmingham, analisando os hábitos de cerca de 100 voluntárias. Mulheres foram o alvo da pesquisa por se submeterem a dietas com maior frequência.

Após a análise do questionário feito, chegou-se a dois fatores que muitas de nós não tinham levado em consideração:

  • Os hábitos alimentares durante o período noturno.
  • O relacionamento com amigos, namorados ou maridos durante as refeições.


A noite e o cansaço

Após um dia inteiro de trabalho e autocontrole no bufê ou na marmita, a noite nos encontra cansadas e com a guarda baixa. A tentação em se alimentar apenas com um lanche hipercalórico ou em comer um doce aumenta e chega a ser irresistível.

Nesse caso, não há muito o que fazer, a não ser reeducar-se. Antes de atacar a geladeira, é preciso usar toda força de vontade, aliada a um período de “descompressão” para que o corpo e a mente relaxem e consigam analisar as reais necessidades nutricionais desse período do dia.


carregando…

Amigos e amores que sabotam a dieta

A hora de relaxar com os amigos ou aquele jantar a dois que são tão caros à rotina também podem ser inimigos tenazes de sua dieta. A tendência em sucumbir aos acepipes engordativos durante a happy hour é grande.

Ainda segundo a pesquisa, o desejo em agradar o parceiro durante a refeição pode incluir calorias indesejáveis ao prato que você irá pedir, já que nem sempre o namorado ou marido estará seguindo sua dieta.


O que fazer?

Trocar de amigos não é uma opção saudável; afinal, entre os “amigos engordativos” podem estar pessoas caras a você. Prefira entrar em um acordo, onde a frequência dos momentos de lazer seja menor, porém mais prazerosa e com menor incidência de tentações calóricas.

Se puder, coopte algumas amigas à sua dieta, para que vocês comecem a ir a  lugares onde podem aliar o deleite da happy hour a escolhas saudáveis.

E não subestime o valor calórico das bebidas alcoólicas, que tendem a ter mais calorias do que um bombom ou um doce de padaria.

No caso do seu parceiro, o ideal é o bom e velho diálogo, desde que isso não se transforme em DR…

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!