Quanto custa uma lipoaspiração

Saber quanto custa os tipos de lipoaspiração é importante, mas antes de se submeter à essa pequena cirurgia conheça-a um pouco mais.

06 de junho de 2017 • Por Mariana, em Comportamento, Destaques


Antes da mais nada, cabe um esclarecimento: a lipoaspiração não é uma técnica de emagrecimento. Na lipoaspiração elimina-se apenas o excesso de gordura localizada que não consegue ser eliminada através de dietas e exercícios.

Antes de saber quanto custa uma lipoaspiração é preciso saber quem pode se submeter ao procedimento e em quais condições ela deve ser feita. Por isso iremos com calma e por partes.

 


O que é lipoaspiração

Também chamada de lipoescultura por alguns, a lipoaspiração, como o próprio nome denota, consiste na retirada por sucção de depósitos de gordura.

Uma cânula cirúrgica e um tubo de sucção são são usados; a cânula penetra nas camadas adiposas para que a gordura seja sugada e eliminada pelo tubo.


Indicações da lipoaspiração

  • Retirada de gorduras localizadas que não são eliminadas por dietas ou exercícios.
  • Inserção de camadas de gordura em determinadas partes do corpo (com ênfase nos glúteos) por motivos puramente estéticos.


carregando…

Quem não pode fazer lipoaspiração

  • Pacientes com problemas cardíacos, hipertensão e arritmias.
  • Pacientes com episódios alérgicos intensos.
  • Menores de 17 anos.
  • Excesso de peso e/ou de flacidez.


Os cuidados ao se submeter à lipoaspiração

  • Não realize lipoaspiração sem a presença de um corpo clínico que inclua cirurgião, anestesista e enfermeiras treinadas.
  • Como em qualquer procedimento cirúrgico, a lipoaspiração ideal é feita em centros cirúrgicos hospitalares. Desconfie se a lipo for feita no próprio consultório.
  • Os exames pré-operatórios e uma avaliação clínica devem ser obrigatórios.
  • O médico não precisa ser um cirurgião plástico para fazer a lipoaspiração (normas do CRM – Conselho Regional de Medicina), mas deve OBRIGATORIAMENTE ser um cirurgião formado. Pesquise a “capivara” do médico (para quem não sabe, “capivara” é o nome que policiais dão à ficha corrida de um cidadão com antecedentes criminais. Cultura inútil é comigo mesmo).
  • Depois da cirurgia, evite esforços físicos desnecessários por pelo menos duas semanas. Recomenda-se o uso de malhas de compressão sobre as áreas operadas e sessões de drenagem linfática para eliminar o inchaço.


Quanto custa uma lipoaspiração

Não há uma tabela de preços para esse procedimento cirúrgico, já que são fatores subjetivos que geralmente determinam o preço final de determinados procedimentos cirúrgicos estéticos. O que se pode fazer é dar uma ideia de preço inicial baseada em pesquisas feitas pela internet e em algumas revistas, o que pode gerar algumas imprecisões. Vamos ao preço da lipoaspiração pelos locais mais sujeitos à cirurgia.

  • Abdome: a partir de R$ 6.000.
  • Área abaixo do queixo (papada): R$ 3.000.
  • Braço, principalmente o “músculo do adeus”: R$ 3.000.
  • Coxa e púbis: R$ 6.000 juntos; cerca de R$ 3.000 na região da coxa e R$ 2.500 no púbis.

Segundo cirurgiões plásticos sérios, existem duas áreas onde a lipoaspiração é proibida: os músculos da face e a área abaixo do joelho. Tome cuidado com preços absurdamente baixos e promessas fantasiosas demais. Uma lipoaspiração deve retirar até 5 por cento do peso total do paciente durante a cirurgia. Mais do que isso é charlatanice e um risco à sua vida.


Cuidados após a lipoaspiração

  • Fazer caminhadas em ritmo lento para que os músculos se habituem. Faça isso por uma semana após a cirurgia, 10 minutos por sessão e duas vezes ao dia.
  • Manter a cinta de contenção por três dias seguidos, em média (que determinará o tempo é o médico), sem retirá-la.
  • Molhar as incisões e furos somente depois de três dias. Se for tomar banho, proteja a área operada com material impermeável e use os medicamentos prescritos rigorosamente.
  • Retirar os pontos após 10 dias, em média.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!