Quanto mais gordo, mais fácil emagrecer

Saiba porque, no desafio que é perder peso, a vantagem começa sempre com quem tem mais gordura acumulada, e descubra como tornar essa vantagem a sua principal arma para emagrecer.

08 de janeiro de 2014 • Por Mariana, em Destaques, Dicas e Dietas


Muitas pessoas que precisam emagrecer relutam em dar o primeiro passo porque acham que o desafio de diminuir o peso será invencível.

Sem desmerecer os esforços de ninguém, muito ao contrário, pretendemos mostrar nas linhas abaixo que inversamente proporcional à importância de dar o primeiro passo é a dificuldade de se perderem os primeiros quilos, quando se está muito acima do peso ideal.

Os fatores iniciais no emagrecimento

Há vários fatores que implicam a maior perda de peso nas semanas iniciais de uma dieta, para quem está muito gordo, entre os quais podemos destacar:

  • O acúmulo de líquidos no corpo (que fica agravado quanto maior for o consumo de sal e de sódio, presente em muitos alimentos industrializados, principalmente refrigerantes e embutidos);
  • O metabolismo basal, que é, de maneira simplificada, a energia de que necessita o corpo apenas para cumprir seu trabalho de sobrevivência, ou seja, manter os sistemas circulatório, respiratório e digestório funcionando, oxigenar o cérebro, piscar, crescer cabelos e unhas, e qualquer coisa mais que o corpo faça de maneira autônoma.

Quanto maior a massa corporal (peso) de um indivíduo, maior será a quantidade de calorias necessárias apenas para manter “a máquina ligada”. O metabolismo basal muda conforme o tempo. Ou seja: à medida que vamos envelhecendo naturalmente tendemos a necessitar de menos calorias para que nosso corpo funcione adequadamente.

O papel da alimentação balanceada

Dietas, via de regra, implicam menor quantidade de alimento ingerido, e a substituição de alimentos altamente calóricos por outros menos energéticos (e menos engordantes). Isso por si só já implica que o indivíduo acabe ingerindo menos calorias do que as necessárias para seu metabolismo basal, e daí advém emagrecimento.

Utilize a calculadora abaixo para descobrir qual é o seu gasto calórico diário (baseado em seu biotipo e em seu perfil de atividade física).

Calculadora de gasto energético diário

Altura (em cm)
Peso (em kg)
Idade:
Sexo
Quanta atividade física você pratica?
Seu gasto calórico diário aparecerá aqui.
  • É necessário que seu navegador suporte JavaScript.
  • Todos os campos são obrigatórios.
  • Informe sua altura em cm. Ou seja, se você mede 1,75m informe “175” (sem as aspas).
  • Para fazer um novo cálculo clique no botão “Reiniciar”.

Exemplo 1: homem, 40 anos, 1,80m, 150kg, sedentário

Imaginemos um exemplo: um homem de 40 anos, com 1,80m de altura e 150kg, sedentário; o metabolismo basal desse sujeito é de 2.754 calorias diárias, e seu gasto calórico (porque para trabalhar, ler, estudar, tomar banho, etc, ele também gasta energia) será, no total, de 3.305 calorias diárias.

Ora, basta que esse homem diminua sua ingestão calórica para menos de 3.300 calorias diárias, que ele consequentemente começará a emagrecer. É matemática pura e simples.

Agora, imaginemos que esse homem mude de hábitos e deixe de ser sedentário e passe a praticar atividade física moderada (cinco vezes por semana, pelo menos uma hora de atividade aeróbica); seu gasto energético vai aumentar para 4.269 calorias diárias! Um pequeno esforço que pode implicar em pelo menos 25% de aceleração no processo de emagrecimento!

carregando…

Exemplo 2: homem, 40 anos, 1,80m, 85kg, atividade física moderada

Agora imaginemos um homem da mesma idade, com a mesma altura, porém com apenas 85kg (o que para quem está bem gordo indica alguém magro, mas para ele indica necessidade de perder uns quilinhos) e praticante de atividade física moderada; o gasto diário desse sujeito é de 2.885 calorias diárias, e dobrar ou triplicar a carga de exercícios vai aumentar esse consumo diário em apenas 400 calorias.

Quanto mais gordo, mais fácil emagrecer

Pelos exemplos acima, e pela utilização da calculadora, fica fácil de perceber que quanto mais peso a pessoa tiver, mais fácil de começar a perdê-los. A dificuldade maior ficará reservada para a fase final da dieta, e da manutenção do peso ideal.

Avaliação profissional

A calculador dessa página serve para calcular o gasto energético de uma pessoa a partir de seu biotipo, e poderá ser usada para que uma pessoa inicie seu processo de reeducação alimentar apenas reduzindo a quantidade de calorias ingeridas durante o dia.

Entretanto, a avaliação de um profissional é importantíssima (seja um médico, um nutrólogo ou um professor de educação física), pois há situações em que o metabolismo do sujeito é mais lento do que deveria, em função de — por exemplo — problemas de tireoide. Um profissional capacitado poderá examinar e avaliar cada paciente, sugerindo dieta, treinamento e medicação adequados para cada caso.

Em hipótese alguma você deve se automedicar, pois remédios inadequados ou em dosagem errada podem levar até mesmo à morte.

Compartilhe

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

Deixe seu comentário!