Quem vomita muito perde peso?

Quem vomita à força não pratica uma atitude saudável e essa atitude pode esconder transtornos alimentares sérios.

03 de janeiro de 2015 • Por Mariana, em Comportamento


Nada me assusta mais do que transtornos alimentares, por isso me preocupei muito ao ler em minha caixa de e-mails a seguinte pergunta: “Mariana, é verdade que quem vomita muito perde peso?”.

Quando uma pessoa começa a pensar em eliminar à força o alimento, quase que o “culpando” pelo excesso de peso ao mesmo tempo que quer livra-se da culpa de tê-los consumido, precisa de esclarecimentos sobre um transtorno alimentar que é bem mais comum do que se imagina: a bulimia nervosa.

O que é a bulimia nervosa?

Bulimia nervosa é um transtorno compulsivo e um transtorno alimentar ao mesmo tempo. Ao contrário do que se pensa, a bulimia atinge em sua maioria pessoas que estão dentro do peso considerado ideal, com pequenas variações circunstanciais para cima ou para baixo, sendo que a imagem do bulímico com obesidade mórbida vem da analogia com a anorexia nervosa. Eis os principais episódios de comportamento que caracterizam a bulimia:

  • A pessoa começa a ingerir alimentos, geralmente muito calóricos, de forma continuada e por um período determinado apenas pela sensação desconfortável de barriga cheia.
  • A bulimia nervosa só é diagnosticada, via de regra, quando essas compulsões ocorrem pelo menos duas vezes por semana por períodos maiores do que 3 meses.
  • Os acessos da compulsão ocorrem geralmente em segredo, em locais e horários em que a pessoa fique sozinha.
  • Após o consumo desenfreado de alimentos durante a compulsão, vem em seguida um poderoso e avassalador sentimento de culpa.
  • Essa culpa faz com que a pessoa procure métodos de compensar o excesso de consumo de alimentos de forma forçada, como jejuns prolongados, prática exagerada de exercícios e o método mais comum entre os bulímicos: a indução ao vômito.

Então quem vomita muito perde peso?

Quando uma pessoa força o vômito, seja por inserção de corpos estranhos na garganta, seja ingerindo sem critério laxantes, diuréticos e xaropes, impede que o alimento ingerido siga o seu curso metabólico para transformar-se em energia. O grande problema não só as calorias que vão embora junto com o jato de vômito.

Nutrientes são expelidos e perdidos, além de água em grande quantidade e parte das secreções dos órgãos ligados à digestão, como a bile produzida pelo fígado e os sucos pancreático e gástrico.

carregando…

O organismo considera o vômito uma eliminação forçada de toxinas e não tem muito controle sobre esse ato, principalmente quando é induzido a isso.

Infelizmente, quem vomita muito perde peso e a saúde, pois o corpo fica debilitado, podendo acontecer episódios de baixa imunidade. O vômito induzido é danoso à saúde a médio prazo e se ele for a consequência das compulsões alimentares, procure imediatamente apoio psicoterápico.

A bulimia nervosa é a porta de entrada para diversos males físicos e psicológicos. Desnutrição severa, depressão profunda e diversas compulsões podem advir dessa atitude. Procure ajuda ou ofereça ajuda.

Compartilhe

Conteúdo popular em sua região:

 

Este site site não é farmácia ou consultório médico. Não brinque com sua saúde. Não se automedique. Consulte seu médico, e não confie no que ler na Internet, nem mesmo neste site.

1 comentário

  • jussara • 30/07/2014

    Quero emagresser rapido

    Responder

Deixe seu comentário!